Home » Pontos turísticos de Valência, na Espanha: 11 principais atrativos

Pontos turísticos de Valência, na Espanha: 11 principais atrativos

por Eduardo Dias Araujo
Publicado: Última Atualização em 0 comentário

Explorar a cidade e conhecer os pontos turísticos de Valência pode ser aquele descanso merecido que você está esperando há tanto tempo.

Ao observar Valência no mapa da Espanha, você verá que há uma concentração de lugares históricos incríveis que contam muito sobre a história da região. São palácios ostentosos, museus importantes a nível nacional e igrejas que sobreviveram aos séculos. Mas se engana quem pensa que a lista do que fazer em Valência só inclui lugares antigos. Tem também construções modernas de cair o queixo e que você não pode perder de forma alguma.

Sem contar as belas praias de Valência, que talvez sejam o que te trouxe até aqui, conhecidas por sua areia dourada e fina. Para você que quer saber o que explorar entre os diversos pontos turísticos de Valência, falarei sobre esse tema neste artigo.

Planeje sua viagem => Hotéis em oferta em Valência

Seguro viagem Europa »

 

Quais são os atrativos turísticos de Valência?

O que fazer em Valência

Valência é uma cidade animada e pulsante.

  • Cidade das Artes e das Ciências de Valência
  • Catedral de Valência
  • Basílica e Plaza de La Virgen
  • Mercado Central de Valência
  • Torre de Serranos
  • Lonja de la Seda
  • Estação de trem Valência-Norte
  • Palácio del Marquês dos Aguas e Museu da Cerâmica
  • Palácio da Generalitat
  • Museu de Belas Artes de Valência
  • Praias de Valência

CLIQUE AQUI para agendar os melhores tours em Valência »

 

O que fazer em Valência?

Prepare o protetor solar, um sapato confortável e vamos explorar! Percorrer os pontos turísticos de Valência é caminhar entre o velho e o novo, aproveitar os dias ensolarados e as ruas sempre cheias de gente e de cores.

 

Cidade das Artes e das Ciências de Valência

Vista aérea Valência

O complexo da Cidade das Artes e da Ciência visto do alto.

A Cidade das Artes e das Ciências de Valência é, provavelmente, um dos pontos turísticos de Valência mais singulares que você irá conhecer, então nada mais justo que começar por ele.

E não é exagero chamar de cidade esse grande complexo arquitetônico e cultural.

Fundado em 1998, sua arquitetura modernista é composta por 7 prédios, que valem a pena ser visitados com calma.

 

Museu das Ciências Príncipe Felipe

Museus em Valência

O museu sempre conta com exposições muito interessantes. | Foto: Javier Yaya Tur, via Wikimedia Commons

Este é um museu de ciências de 3 andares que tem por  objetivo aproximar todos os tipos de pessoas com a ciência por meio de exposições práticas. Algumas dessas obras são grandiosas, como a escultura do DNA, com 15 metros de altura.

 Ingressos => L’Hemisfèric e Museu da Ciência 

 

Palácio de Artes da Reina Sofia em Valência

Pontos turísticos de Valência

Ver de perto a arquitetura do museu é uma atração à parte. | Foto: Zibi, via Wikimedia Commons

Também presente na Cidade das Artes e das Ciências de Valência, essa é uma casa de ópera e centro cultural dedicado à música e às artes cênicas.

 

L’Àgora

O que fazer em Valência

O espaço costuma sediar exposições. | Foto: rheins, via Wikimedia Commons

O L’Àgora é um grande espaço coberto onde são realizados vários tipos de exposições, congressos, entre outros.

Recomendo => Ingresso combinado para Cidade das Artes

 

L’Hemisfèric

Cidade das Artes Valência

O salão é o maior da Espanha para receber projeções e exibições.| Foto: Alejandro Díaz Raga, via Wikimedia Commons

Esta é a maior sala da Espanha, onde há três sistemas de projeção incluindo um cinema de grande formato, cinema digital em 3D e uma tela para projeções digitais para representações astronômicas e shows de entretenimento.

 

L’Umbracle

Um dos destaques deste ponto turístico em Valência é o L’Umbracle, que é um grande jardim com uma galeria de arte ao ar livre onde ficam esculturas de artistas contemporâneos.

Por lá também ficam espécies de plantas nativas e o passeio vale muito a pena.

 

El Pont de l’Assut de l’Or

Por último, não deixe de conferir esta ponte suspensa de 125 metros de altura, o ponto mais alto de Valência.

Os valores de entrada e horário de funcionamento para a Cidade das Artes e das Ciências de Valência podem ser vistos no site, já que os ingressos são combinados de forma a visitar mais de um prédio.

City tour => Ônibus turístico em Valência

 

Catedral de Valência

Catedrais da Espanha

A catedral é um dos cartões-postais da cidade. | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons

Construída no século XIII sobre uma antiga mesquita, a Catedral de Valência é um dos pontos turísticos mais importantes da cidade, sendo um dos seus símbolos.

Ela foi dedicada à Santíssima Virgem Maria e seu estilo arquitetônico mistura uma série de influências sofridas com o passar dos séculos, sendo predominante o estilo gótico.

Uma das principais relíquias da Catedral é a do Santo Cáliz, que é uma taça do século I da época de Cristo, a qual segundo a tradição diz, Jesus usou para instituir a Eucaristia.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Na parte exterior, o que mais chama atenção são as três portas, cada uma com um estilo próprio.

A Catedral de Valência ainda realiza cultos, então quem a visita pode se deparar com algum evento religioso.

  • Horário de funcionamento: De segunda-feira a sábado das 10h às 18h30, aos feriados e domingos das 14h às 18h30.
  • Preço: Em geral, a entrada custa 7 € , incluindo visita ao museu e guia de áudio.

Valência personalizada => Tour privado com anfitrião local

 

Basílica de Valência e Plaza de la Virgen

Igrejas de Valência

A belíssima cúpula da Basílica. | Foto: Tatiana.Albani, via Wikimedia Commons

Próxima à Catedral temos a Basílica, também um dos pontos mais importantes do centro histórico de Valência.

Construída no século XVII, ela é uma das primeiras edificações em estilo barroco da Espanha, e é o único templo do Casco Histórico da cidade que não foi feito sobre antigos templos religiosos ou conventos, como é o caso da Catedral.

A Basílica da Virgem dos Desamparados, que é seu nome completo, é dedicada à Santa Padroeira de mesmo nome, outra das razões de esse ser um dos mais importantes pontos turísticos de Valência.

A capela lateral é dedicada à adoração de uma imagem da Virgem, acessível por uma escada. Ela também é conhecida por sua bela cúpula de tijolos azuis.

A Basílica de Valência fica na Plaza de la Virgen, onde são realizados vários eventos culturais e celebrações ao longo do ano.

Essa é uma área cercada de prédios históricos e no centro da praça fica a Fuente del Turía, que tem um grande significado por representar o Rio Turía e a fonte de irrigação de Valência.

  • Horário de funcionamento da Basílica: de segunda-feira a domingo das 7h às 14h, depois das 16h às 21h.
  • Preço: entrada gratuita.

Divertido => Tour de bicicleta em Valência

 

Mercado Central de Valência

Gastronomia em Valência

Conhecer o Mercado Central é um passeio delicioso. | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons

O Mercado Central não é exatamente um dos pontos turísticos de Valência, mas está entre os principais lugares para se conhecer na cidade.

Isso porque é um dos mercados mais antigos da Europa e hoje conta com mais de 1000 barracas que vendem frutas, vegetais, queijos, carnes, pratos típicos, doces, utensílios de cozinha e até souvenirs.

Uma boa escolha é incluir o Mercado Central no seu guia do que fazer em Valência e aproveitar para almoçar uma bela Paella tradicional, ou tomar café da manhã em uma das diversas padarias espalhadas por lá.

  • Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado das 7h30 às 15h.
  • Preço: entrada gratuita.

Culinária => Aprenda a fazer a verdadeira Paella Valenciana

 

Torre de Serranos

Onde ir em Valência

As torres também são um ponto turístico muito visitado. | Foto: Felivet, via Wikimedia Commons

A Torre de Serranos foi construída entre 1392 e 1398, e servia de porta para a muralha medieval. Ela faz parte das doze portas que serviam de defesa para a antiga Valência.

A construção é formada por dois cubos pentagonais, e ao meio fica a passagem para dentro da muralha.

Na fachada interior há aberturas amplas com acabamento em arcos, onde as principais famílias da cidade ficavam para acompanhar os eventos populares e a entrada de pessoas ilustres.

Entre 1586 e 1887, a Torre de Serranos serviu como prisão para nobres, e hoje este é considerado um dos pontos turísticos de Valência com interesse artístico histórico.

A partir do terraço da torre, é possível ter uma das melhores vistas do Rio Turia, e esse é um dos lugares favoritos pelos turistas por seu bom estado de conservação.

  • Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado das 10h às 19h, domingos e feriados das 10h às 14h. Durante o inverno o horário de funcionamento vai de acordo com a duração da luz do sol.
  • Preço: o ingresso individual custa 2 € . De domingos e feriados a entrada é gratuita.

Passeio noturno => Show de Flamenco com jantar

 

Lonja de la Seda

O que fazer em Valência

A arquitetura gótica dá o toque da construção. | Foto: Juan J. Martinez, via Creative Commons

Quase ao lado do Mercado Central fica o La Lonja, que é uma das construções mais bonitas da arquitetura gótica europeia, sendo reconhecida pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

La Lonja se parece com os castelos medievais e tem um aspecto de fortaleza que atrai muitos turistas apreciadores da arquitetura antiga.

Esse que é hoje um dos principais pontos turísticos de Valência, já foi o centro de comércio de óleo e seda da cidade, e lembra seus visitantes da autoridade que Valência possui entre as cidades mercantis do Mar Mediterrâneo.

Dentro do La Lonja há quatro salas: o salão principal onde os mercadores negociavam e fechavam acordos, a torre onde fica a capela, o primeiro andar superior que era uma prisão e o prédio do Consulado del Mar.

A parte exterior do La Lonja tem alguns bustos de figuras famosas da época, e o lugar hoje recebe várias exposições de moedas e selos.

  • Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado das 9h30 às 19h, aos feriados e domingos das 9h30 às 15h.
  • Preço: 2 €. De domingos e feriados a entrada é gratuita.

Delícia => Autêntico tour de tapas em Valência

 

Estação de Trem Valência-Norte

Mesmo que você não chegue ou saia de trem ao passar por Valência, o edifício da Estação do Norte é sim uma parada obrigatória para um roteiro bem feito na cidade.

Apesar do nome, essa estação fica na zona sul de Valência, perto da Praça de Touros e da Plaza del Ayuntamiento.

A construção desse prédio só acabou em 1907 depois de dez anos de obra. Ele é um exemplo de modernismo valenciano, acompanhado do Mercado Central. A fachada chama muita atenção pelas cerâmicas de grãos coloridos, as estruturas de ferro, e os elementos típicos valencianos usados na decoração. Já o interior tem detalhes que combinam madeira, cristaleiras e cerâmicas.

  • Horário de funcionamento:diariamente das 5h20 às 00h.

Passeio => Tour de segway pela arte e natureza de Valência

 

Palácio del Marquês dos Aguas e Museu da Cerâmica

Arquitetura espanhola

O palácio é um dos prédios mais bonitos de Valência. | Foto: PMRMaeyaert, via Wikimedia Commons

O prédio do Palácio del Marqués dos Aguas data do século XV e foi residência de uma família nobre da cidade nessa época,  sendo construído totalmente em estilo gótico.

Esse é um dos lugares mais bonitos e imperdíveis entre os pontos turísticos de Valência. A mobília e a decoração são originais, o que aumenta ainda mais o interesse por palácio.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

Nos séculos XVIII e XIX ele passou por restaurações e hoje mistura elementos do Neoclassicismo, do Rococó e até estilos orientais, sem esquecer, é claro, dos portões em estilo Barroco.

Dentro do Palácio fica o Museu Nacional de Cerámico González Martí, onde você pode conhecer uma das mais belas coleções de cerâmica do país, e que também é considerado o melhor exemplo da arquitetura barroca na Espanha.

Essa coleção de cerâmicas inclui até telas de Picasso e exposições de peças que mostram a evolução da cerâmica através dos séculos, além de mercadorias da Rota da Seda.

No andar térreo do palácio ficam algumas carruagens e carros de ferro usados pelos aristocratas da cidade. O grande salão de baile, a cozinha e a Sala Chinesa também são pontos altos deste passeio.

  • Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado das 10h às 14h, e das 16h às 20h. Domingos e feriados das 10h às 14h. Fechados às segundas-feiras. Durante julho e agosto há visitas noturnas das 20h às 00h.
  • Preço: 3 € para adultos, 1,50 € para grupos. Menores de 18 anos, acima de 65, desempregados e aposentados não pagam entrada. Nas noites de sábado e domingo a entrada é gratuita.

Passeio ao mar => Viagem de catamarã com tapas e flamenco

 

Palácio da Generalitat

O que fazer em Valência

A visita ao Palácio é bem interessante para quem curte arquitetura. | Foto: Jan Harenburg, via Wikimedia Commons

O Palácio da Generalitat foi construído em 1421 em estilo gótico para ser a sede da Generalitat Valenciana, que era o órgão encarregado de representar o reino de Valência para as Cortes.

Em 1518, surge uma nova torre em estilo renascentista que pode ser vista da Plaza de la Virgen.

No interior do Palácio o destaque é o pátio e a Sala Nova del Torreón, que tem um teto magnífico e uma galeria de madeira decorada com esculturas alegóricas e mitológicas.

No total são 3 andares com salas decoradas com detalhes grandiosos.

  • Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira das 9h às 14h, com entrada agendada por telefone: 96.342.46.36. Fechado aos fins de semana.
  • Preço: entrada gratuita.

Enoturismo => Degustação de vinhos em Valência

 

Museu de Belas Artes de Valência

Museus de Valência

O museu é a segunda maior galeria de arte da Espanha. | Foto: Felivet, via Wikimedia Commons

O Museu de Belas Artes é um dos melhores lugares para incluir na lista de pontos turísticos de Valência, já que a entrada é gratuita, e a experiência vale a pena.

Isso porque o Museu de Belas Artes de Valência é a segunda maior galeria de arte da Espanha, com pinturas que vão do século XV ao XIX. O museu conta, em sua maioria, com artistas valencianos, e há também por lá uma mostra de arte contemporânea.

Seus destaques são as salas de trabalho gótico, com obras bastante representativas da escola valenciana, dos pintores e escultores Pinazo e Benlliure, entre muitos outros. Também há uma sala dedicada a Francisco de Goya, e um trabalho inédito de Velázquez.

São conservados no Museu de Belas Artes valiosos restos arqueológicos e um sarcófago paleocristiano. Já o pátio do museu, é um dos pátios renascentistas mais importantes do século XVI.

Esse edifício no passado já foi um colégio seminarista, academia militar, casa de caridade e até armazém e hospital militar.

  • Horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo das 10h às 20h. Fechado às segundas-feiras.
  • Preço: entrada gratuita.

Excursão => De segway pelo porto de Valência

 

Praias de Valência

praias da Espanha

Praia Malvarrosa. | Foto: Boris Dzhingarov, via Creative Commons

Finalmente, quem vai a Valência normalmente quer praia, claro, já que a cidade é uma das melhores da Espanha para tomar um banho de mar ou curtir um pôr ou nascer do sol.

Você pode escolher visitar:

  • Playa La Malvarrosa, que é muito animada e bastante frequentada;
  • Playa El Cabanal-Arenas, que tem áreas esportivas e de brinquedos para crianças;
  • Playa de Pinedo que é tem um entorno vegetativo bem preservado;
  • Playa El Saler que é uma das mais concorridas;
  • Playa Recatí-Perellonet que é mais tranquila;
  • Playa La Devesa que tem um entorno natural belíssimo;
  • Playa La Garrofera fica dentro um Parque Natural;
  • Playa de L’Arbre del Gos que também é tranquila.

Qualquer informação complementar sobre as praias, avaliação de visitantes, lugares para estacionar, localizar e muitos mais, é só acessar o site da Generalitat Valenciana.

Praça de Touros de Valência => Excursão a pé com jantar em Valencia

 

Roteiro de pontos turísticos de Valência

Esses são os 12 pontos turísticos de Valência que você pode incluir em seu roteiro sem medo de ser feliz. Não deixe de colocar Valência em seu roteiro na Espanha. Vale a pena dedicar pelo menos 2 dias a explorar a cidade e conhecer suas belas praias.

Aproveite estará na região da Catalunha e já faça um roteiro incluindo Barcelona também, antes de seguir viagem para outra região do país. Deixe seu comentário!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

Deixe um Comentário