Mapa da França: regiões turísticas

por Aline Derísio

Se você chegou até aqui é porque quer conhecer melhor o mapa da França. O país tem 13 regiões metropolitanas no total, sendo que muitas delas são um prato cheio para o turismo. Porém, para quem está pensando em se aventurar por terras francesas, nem sempre fica claro como o país é dividido e onde estão as cidades mais bonitas.

Um roteiro bem feito, incluindo as principais províncias francesas e os seus pontos turísticos, além de indicações de quantos dias ficar em cada destino, também é essencial para o sucesso da sua viagem. Pensando em tudo isso, preparei um mapa turístico da França com os principais estados para você não perder nada desse magnífico país e, melhor ainda, otimizar a sua estadia.

Planeje sua viagem => Hotéis baratos na França

Seguro viagem Europa »

Regiões turísticas do país: o que conhecer

  • Île-de-France
  • Normandie
  • Rhône-Alpes
  • Bourgogne
  • Alsace
  • Vallée de la Loire
  • Aquitaine
  • Provence-Alpes-Côte d’Azur

 CLIQUE AQUI agendar os melhores tours guiados na França »

 

Île-de-France

Torre Eiffel

Paris é a capital da região Île-de-France

A Île-de-France (Ilha da França) é a região mais famosa da França, principalmente por abrigar a icônica Paris, conhecida pela Torre Eiffel, pelo museu do Louvre, pela catedral de Notre Dame, a basílica de Sacre-Couer e muito mais. Justamente por abrigar a capital do país.

A região Île-de-France é reconhecida como o berço da França. Na região, você irá encontrar algumas das principais atrações locais e é por ela que eu começaria a minha viagem.

A Catedral Basílica de Saint-Denis também merece a sua visita. O primeiro monumento gótico do século XII contém os túmulos de famosos monarcas.

Saint-Denis abriga o moderno Stade de France (um dos estádios onde foi sediada a Copa do Mundo de Futebol de 98) e é uma região administrativa bem próxima de Paris. Você poderá chegar de RER (um trem metropolitano) e de metrô.

Fora Paris, o segundo lugar mais visitado da região é a cidade de Versalhes, onde se encontra o magnífico e luxuoso palácio de mesmo nome. O castelo foi morada de reis e de ninguém menos que Maria Antonieta. A visita é obrigatória e te deixará de queixo caído.

Auvers-sur-Oise é um município francês que serviu de inspiração para Paul Cézanne, Vincent Van Gogh, Camille Pissarro e outros pintores impressionistas. Você poderá conhecer também o lindo castelo de Auvers.

Eu sou um pouco suspeita para falar quantos dias ficar na região da Île-de-France porque eu moro em Paris. Então aconselharia você ficar mais de uma semana para conhecer bem os principais pontos turísticos, porque apenas uma semana não será suficiente para isso. Moro aqui há alguns meses e ainda não conheci tudo.

Ingressos => Passeios guiados em Paris e Île-de-France

 

Normandia

Abadia Saint-Michel

O Monte Saint-Michel é uma das principais atrações da Normandia.

Entre as principais regiões para conhecer na França, está a Normandia, situada no noroeste do país.

A área é pouco explorada pelos turistas brasileiros e está dividida entre Normandia baixa e Normandia alta. Além de guardar resquícios de diferentes épocas históricas, ainda é repleta de belezas naturais.

Na Normandia baixa, você encontrará algumas das cidades mais famosas da região: Caen, Deauville, Trouville, Honfleur, Bayeux e o famoso Mont Saint-Michel.

Na Normandia alta estão as cidades mais turísticas: Le Havre, Giverny, Étretat e a capital Rouen. Vale a pena conhecer Giverny, que fica apenas há 30 minutos de Paris, pelo incrível Jardim de Monet e sua antiga casa.

Le Havre é impressionante pela sua orla paisagística, museus, galerias de arte e famosos festivais. Além disso, também foi destruída durante da Segunda Guerra Mundial e é uma das cidades importantes da Normandia pelo seu porto.

Em Étretat você conhecerá as famosas e incríveis falésias, que foram inspiração de muitos pintores, inclusive Monet.

Rouen tem muita história, principalmente por não ter sido poupada pelos ataques alemães durante a Segunda Guerra Mundial e ter tido todo o seu centro histórico destruído.

As charmosas casinhas de madeira que resistiram aos bombardeios valem a visita à cidade, assim como os outros tesouros arquitetônicos.

Em Caen você terá que conhecer o castelo, a Abadia Aux-Hommes, a abadia Sainte-Trinité e o museu Le Mémorial de Caen que conta o antes, o durante e o depois da Segunda Guerra Mundial. O happy hour é interessante também por ser uma cidade universitária e bem animada.

Agende => Tours guiados em Caen

 

Outras cidades da Normandia

Cidades francesas

A charmosa Honfleur, na Normandia.

Deauville e Trouville são duas cidades balneário, separadas apenas por uma praça, um rio e uma estação ferroviária. Deauville é uma cidade elegante que abriga a elite parisiense.

O ponto principal é o icônico Cassino da cidade e o calçadão chamado de “Les Planches” – um ladeado de cabines de banho dos anos 20, onde cada uma delas leva o nome de uma das estrelas de cinema de Hollywood. Já Trouville é uma cidade bem menor, mas com um centro antigo bem charmoso.

Próximo a Deuville (15 km) está a cidade de Honfleur, que é conhecida pelas suas ruas charmosas e estreitas, bem próximo ao Canal da Mancha.

Não deixe de conhecer o velho porto chamado Le Vieux Bassin. Bayeux é uma região famosa por abrigar uma das praias do desembarque do famoso dia D (fim da Segunda Guerra Mundial).

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Já o deslumbrante vilarejo medieval chamado Mont Saint-Michel fica localizado a apenas 350 km de Paris, na fronteira da Normandia com a Bretanha. A abadia situada em uma ilha atrai milhares de turistas o ano todo pelo fenômeno da maré e claro pela vista deslumbrante em todos os ângulos.

O sudoeste da Normandia faz fronteira com a Île-de-France. A região fica a menos de uma hora de carro ou trem de Paris. Falando nisso, descubra tudo sobre viajar de trem na França. Para conhecer os principais pontos da Normandia, também aconselho reservar uma semana no seu calendário.

Tour guiado => Abadia do Mont Saint-Michel

 

Rhône-Alpes

Destinos de inverno

Grenoble é uma das cidades mais visitadas da região.

No sudeste da França, existe a região Rhône-Alpes que faz fronteira entre a Suíça e a Itália. Os alpes franceses, que se estendem do lago de Genebra até Cévennes e Provença, são conhecida pelas suas estações de esqui.

A cidade mais conhecida para praticar o esporte é Grenoble, lugar preferido para as férias de inverno dos franceses. As montanhas do Maciço Central e os cânions escavados pela Ardèche são populares para caminhadas e rafting.

A cidade mais famosa da região é Lyon, considerada patrimônio mundial pela Unesco. Além de ser histórica, ainda é conhecida como a capital francesa da gastronomia, e conta com ótimas universidades, um centro cultural, um bairro medieval e renascentista. Tudo isso chama atenção de turistas curiosos em conhecer a verdadeira essência francesa.

No nordeste da região, existe o mosteiro real de Brou, em Bourg-en-Bresse, onde estão túmulos reais elaborados com estátuas de mármore. Outras cidades como Lac du Bourget, Vienne e Chamonix valem a pena conhecer pela riqueza dos monumentos históricos e esportes de inverno, especialidade da região.

De Paris você consegue chegar facilmente de trem em uma das cidades da região de Rhône-Alpes. Para Lyon, onde eu passaria quatro dias tranquilamente, demorará 2 horas de trem (distância de aproximadamente 466 km).

Prático => Cruzeiro turístico com guia em Lyon

 

Borgonha

Cidades da Borgonha

Os vinhedos marcam as paisagens da Borgonha.

Bourgogne (Borgonha) é uma região histórica, localizada no centro-leste da França, conhecida pela alta qualidade na fabricação de vinhos e gastronomia. Você ficará surpreso em ver que existem vários canais que atravessam a região e os majestosos castelos.

Além de se comer muito bem e beber vinhos prestigiados, você poderá desbravar a capital Dijon.

A cidade é famosa pela invenção da mostarda Dijon e ainda abriga o imponente Palácio dos Duques, onde você encontrará o Museu das Belas Artes. Além de Dijon, sugiro conhecer as charmosas cidades de Fontenay, Cluny, Vézelay, Auxerre e principalmente Beaune.

As atrações turísticas das cidades mais importantes datam da Idade Média, como as abadias de Fontenay e Cluny; a basílica de Santa Maria Madalena, em Vézelay; a catedral de St-Etienne, em Auxerre; e o Hôtel-Dieu, em Beaune.

Já se você é amante de vinho assim como eu, aproveite o passeio para conhecer a Côte d’Or, microrregião produtora de vinhos, que deve ser percorrida preferivelmente de carro. Veja tudo sobre aluguel de carro na França.

É maravilhoso dirigir pelas estradas secundárias cheias de vinhedos. É uma oportunidade para você comprar vinhos franceses excelentes por preços acessíveis.

O ideal será passar 4 dias conhecendo a Borgonha, pois acredito que seja o suficiente para conhecer a sua história e os principais pontos turísticos. A capital da mostarda, Dijon, fica à 322 km de distância de Paris aproximadamente.

História do vinho => Tour em Dijon

 

Alsácia

Regiões francesas

Influência germânica na arquitetura da Alsácia.

A Alsácia é a menor região da França e é caracterizada por ser metade alemã, já que faz fronteira com a Alemanha, e metade francesa. As cidades de arquitetura germânica, como Strasbourg e Colmar, hospedam vilarejos encantadores e uma rota do vinho impressionante.

Colmar é cheia de charmosos canais, pequenas pontes e casa coloridas enfeitadas com floreiras. Os pontos altos desses passeios na França será andar pelas ruas estreitas de pedra e fazer um tour de barco pelos canais da área de La Petite Venise.

Já Strasbourg fica às margens do Rio Reno e abriga uma riquíssima quantidade de patrimônio em seu centro histórico. Não deixe de conhecer a Petite France e suas casas germânicas.

Imperdível => Tour de um dia por Estrasburgo

 

Vallée de la Loire

Castelos na França

Chenonceau, um dos castelos da região.

Eu ouso dizer que o Vallée de la Loire (Vale de Loire) é a minha região preferida. Os esplêndidos castelos, os imponentes jardins e as charmosas cidadezinhas me fazem suspirar cada vez que lembro da minha viagem por lá.

A região que atinge cerca de 280km de extensão ao longo do rio Loire, contém cidades com características específicas.

A primeira cidade do vale é Orléans (cerca de 139 km de Paris), que abriga os castelos Sully-sur-Loire e Chamerolles. As cidades de Bois e Amboise são essenciais para conhecer pelo seu charme e por ter os castelos mais famosos da região: o Chambord, o Cheverny, o Bois e o Amboise.

A cidade de Tours é considerada a capital do Vale do Loire. Por ser a área central e por ter uma ótima estrutura, inclusive te indico essa cidade para ser sua base durante a viagem.

Além disso, ela abriga o castelo Villandry, que tem um dos jardins mais impressionantes que eu já vi na vida.

Para finalizar o seu passeio, sugiro conhecer o castelo dos Duques da Bretanha e o jardim de plantas, ambos em Nantes.

Eu conheci a região do Vale em 3 dias e foi suficiente pra mim, mas se você quiser conhecer todos os castelos e cidades sugiro ficar 5 dias.

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

Lindo => Passeio aos castelos do Vale do Loire

Aquitaine

Praias da França

Biarritz é uma das cidades mais interessantes da Aquitânia. | Foto: Florian Pépellin, via Wikimedia Commons

Aquitaine é uma região no sudoeste da França conhecida pela ótima qualidade de vida dos seus habitantes e sua diversidade. A região tem cinco departamentos: Dordogne, Gironde, Landes, Lot-et-Garone e Pyrénées-Atlantiques.

A capital da região é Bordeaux (Gironde), onde boa parte da população e das atividades estão concentradas.

Além disso, a cidade cada vez mais é reconhecida pela riqueza gastronômica e, claro, pelos excelentes vinhos (que vão além do tipo Bordeaux). Indico conhecer a Place de la Bourse, com o seu incrível espelho d’água e o museu do vinho na Cité du Vin.

Outra cidade que vale a pena conhecer na região é Biarritz, famosa pelas grandes praias e escolas de surfe. Além de ser um delicioso programa de verão, por lá existe a Rocha de la Vierge (virgem), um lindo cartão-postal da cidade.

Aproveite para passear pela passarela e acessar a rocha com a estátua da Virgem Maria em cima e uma vista panorâmica incrível do Golfo da Biscaia.

Conheça também a cidade medieval Saint-Emilion, conhecida por seus ricos vinhedos, o lugar pode ser conhecido em um dia. Já na região indico ficar uma semana, já que só em Bordeaux é fácil passar três dias.

O trajeto de trem de Paris para a capital de Aquitaine demora 3 horas (aproximadamente 587 km).

Vale a pena => Cruzeiro com almoço em Bordeaux

 

Provence-Alpes-Côte d’Azur

Sul da França

Calanques em Aix-en-Provence. | Foto: Chrissharky, via Wikimedia Commons

Côte d’Azur (Costa Azul) e Provence são conhecidas também como a Riviera Francesa. Provence fica na região sudeste enquanto Côte d’Azur fica mais para o sul da França.

Considero esses uns dos lugares mais bonitos do país, pois sua beleza natural é surpreendente.

A região faz fronteira com a Itália e também com o Mar Mediterrâneo e as paisagens são bem variadas: vão desde os Alpes do Sul, passando pelos calanques, vinhedos, campos de lavanda e pinhais.

Costa Azul é famosa por abrigar a cidade de Nice e os famosos balneários de Saint-Tropez e Cannes, cidades excelentes para você curtir o mar passeando de barco. Eu passei um dia em cada cidade.

Já os destinos de Aix-en-Provence, Avignon, Marselha e Mônaco são cidades de peso histórico com monumentos e museus importantes, então te aconselho a ficar no mínimo 2 dias em cada uma.

Quando fui para Provence-Alpes-Côte d’Azur, peguei um trem em Paris que demorou 3 horas (762 km) para chegar em Aix-en-Provence.

Excursão => Um dia na Riviera Francesa

 

Mapa da França: beleza, cultura e tesouros históricos

Poucos países dispõem de tanta história e profundidade cultural como a França, conhecida pela sua gastronomia, bons vinhos, a icônica Torre Eiffel, sua importância artística, revoluções e posicionamentos ideológicos um tanto polêmicos. Sendo assim, o mapa da França tem muito a contar sobre toda sua rica história.

As belezas naturais do país variam dependendo da região. As paisagens passam por castelos até praias paradisíacas. Por isso, a importância de você conhecer um pouco as diferentes regiões do país para fazer um roteiro incrível e aproveitar ao máximo o que cada cidade tem a oferecer.

Aproveito para finalizar este artigo com um vídeo feito pelo site oficial de turismo na França sobre a Riveira Francesa, mais especificamente da cidade de Nice. Vale a pena conferir:

Espero ter atendido as suas expectativas quanto a conhecer melhor o mapa da França. Deixe aqui nos comentários as suas dúvidas ou dicas de viagem pela França. Salut!

Você também vai gostar

Deixe um Comentário

* Ao usar o formulário você concorda com o armazenamento dos dados nesse site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumimos que você concorda, mas pode desabilitar se assim preferir. Aceitar Saiba Mais