Pontos turísticos de Madrid: mapa e guia de 12 lugares imperdíveis

por Thainá Fernanda

Escolher entre tantos pontos turísticos de Madrid para visitar pode parecer confuso, já que há diversas opções. E a lista não é nada humilde. São palácios, museus com obras internacionais, jardins reais e até a casa de um dos maiores times de futebol do mundo. Já deu para perceber que falando de atrativos turísticos a cidade não deixa a desejar, certo?

Madrid, além de tudo, é conhecida por ser receptiva com os turistas e ter uma excelente infraestrutura para receber os milhões que desembarcam por ano na cidade.

Mas se você está procurando o que fazer em Madrid em apenas 2 dias, por exemplo, ou não sabe quais lugares incluir em um roteiro de inverno, fique tranquilo. Todas as informações que você precisa sobre cada lugar, transporte público e valores estão aqui. Depois de ler este artigo tenho certeza que você estará pronto para chegar à cidade sabendo tudo sobre os principais pontos turísticos de Madrid.

Planeje sua viagem => Melhores hotéis em Madrid

Seguro viagem Europa »

 

Quais são os atrativos turísticos de Madrid?

  • Palácio Real
  • Parque del Retiro
  • Estádio Santiago Bernabéu / Real Madrid
  • Puerta del Sol
  • Puerta de Alcalá
  • Plaza Mayor
  • Museu del Prado
  • Gran Via
  • Plaza de Toros Las Ventas
  • Catedral de Almudena
  • Faro de Moncloa
  • Palácio de Cibeles

CLIQUE AQUI agendar os melhores tours guiados em Madrid »

 

O que fazer em Madrid?

A cidade apresenta uma grande vantagem ao turista, já que em todos os pontos turísticos de Madrid existem várias opções de transporte público, o que agiliza bastante o roteiro.

Para quem tem menos tempo de viagem, existe até uma forma de ver a cidade rapidamente.

 

Palácio Real

Pontos turísticos de Madrid

A visita ao Palácio Real é imperdível.

Um dos principais pontos turísticos de Madrid, e parada obrigatória em seu roteiro seja no inverno ou verão, é o Palácio Real.

Essa é a residência da família real e, embora não seja habitado pelos atuais monarcas, é utilizado para eventos importantes e cerimônias oficiais.

Com origem datada no século IX, o edifício tem sua arquitetura inspirada nos esboços da construção do Palácio do Louvre de Paris.

Originalmente, foi criado para defender Toledo do avanço dos cristãos, até que no século XIV se transformou em uma residência permanente dos monarcas. Em 1738, o edifício teve que ser reconstruído após um incêndio.

O Palácio Real de Madrid abriga a Real Armería, que é uma das coleções mais importantes de armas e armaduras, pertencentes à família real desde o século XIII; a Galeria de Pintura, com obras consideradas tesouros nacionais, como o retrato de “Isabel, a Católica” de Juan de Flandes; e uma das cozinhas históricas mais bem conservadas da Europa, La Real Cocina.

  • Horário de funcionamento: de outubro a março – todos os dias das 10h às 18h. De abril a setembro – todos os dias das 10h às 20h. Nos dias 1 de maio, 25 de dezembro, e de 1 a 6 de janeiro, o Palácio Real fica fechado. Nos dias 24 e 31 de dezembro, o fechamento é a partir das 15h. O local também está sujeito a fechamentos por atos oficiais.
  • Preço: a entrada é gratuita durante o ano todo apenas para menores de 5 anos, cidadãos da União Europeia ou pessoas com visto de residência ou trabalho. Nos dias 18 de maio e 12 de outubro, a entrada é gratuita para todos. Para turistas no restante do ano, a entrada custa entre € 6,00 e € 12,00, dependendo dos acessos dentro do Palácio.
  • Transporte público: Linhas de metrô – Ópera (L2, L5, R) e Plaza de España (L2, L3, L10). Ônibus – linhas 3, 25, 39, 46, 75, 138, 148 e C1.

 Sem fila => Excursão guiada ao Palácio Real

 

Parque del Retiro

Parques em Madrid

A beleza do parque encanta os visitantes.

Com 125 hectares de extensão e mais de 15.000 árvores, esse é o principal parque de Madrid. São vários jardins e lagos para conhecer, além de monumentos importantes, e a árvore mais antiga da cidade, com 400 anos de idade.

Sendo um dos principais pontos turísticos de Madrid, o parque abriga vários atrativos, como o Palácio de Cristal – onde são expostas plantas exóticas desde 1887; o Palácio de Velázquez, usado temporariamente para exposições do Museu Rainha Sofía; a Biblioteca Pública Municipal Eugenio Trías e o Centro Cultural Casa de Vacas.

O Teatro de Títeres, com programação estável todos os fins de semana, e o Lago Grande, onde é possível alugar barcos a remo, são ótimas opções de lazer e esporte.

Também é possível alugar bicicletas para percorrer o Parque del Retiro, e aproveitar para participar de eventos como a Feira do Livro ou os Fogos Artificiais de San Isidro.

  • Horário de funcionamento: aberto todos os dias. De abril a setembro, das 6h às 0h. De outubro a março, das 6h às 22h.
  • Preço: Entrada gratuita. É possível agendar visitas guiadas gratuitas no site oficial.
  • Transporte público: De metrô – Retiro (L2). De ônibus – linhas 1, 2, 9, 14, 15, 19, 20, 26, 28, 32, 51, 52, 61, 63, 74, 146, 152, 202, C1 e C2.

Tour de segway => Parque do Retiro e Centro de Madrid

 

Estádio Santiago Bernabéu/Real Madrid

Campo do Real Madrid

Uma ótima opção de passeios para os fãs de futebol.

Ponto de grande interesse em Madrid, essa é a casa de um dos times mais conhecidos do mundo. O estádio do Real Madrid, que foi inaugurado em 1947, tem capacidade para mais de 81.000 pessoas e fica aberto para visitantes todos os dias.

A visita de 1 hora e meia inclui vista panorâmica do estádio, viagem audiovisual e interativa pela história do clube, a Sala Sensações, fotomontagens suas com os jogares, um passeio pelo terreno de jogo e o balneário, conhecer a Tribuna Presidencial, a área técnica, o autocarro e a sala de imprensa, e visitar a loja, para levar uma recordação oficial do time.

  • Horário de funcionamento: Todos os dias, exceto 25 de dezembro até 1 de janeiro.
  • Preço: 25 € para adultos no site do clube.
  • Transporte público: Metrô – Santiago Bernabéu (L10).

 Ingressos => Excursão ao Estádio do Real Madrid

 

Puerta del Sol

Monumentos de Madrid

A estátua do Urso e do Medronheiro fica no local. | Foto: János Korom Dr., via Creative Commons

Também entre os pontos turísticos de Madrid mais conhecidos está a Puerta del Sol. É onde fica localizado o ponto zero das estradas espanholas desde 1950.

De lá convergem várias das ruas mais transitadas da capital espanhola, como Mayor, Arenal, Alcalá e Preciados. É um lugar agitado, cheio de lojas e opções de restaurantes e bares para diferentes públicos.

A Puerta del Sol também concentra edifícios importantes para a história de Madrid, como a Real Casa de Correos, construído no século XIX, que todos os anos em 31 de dezembro anuncia a chegada do novo ano. Enquanto ouvem a contagem regressiva, as pessoas se reúnem na Puerta del Sol para tradicionalmente comerem as uvas e a cava.

A Puerta del Sol é um ponto turístico importante de Madrid também por ser onde fica a estátua do Urso e do Medronheiro, uma escultura da segunda metade do século XX, que representa o brasão de armas de Madrid, muito popular e querida pelos madrileños.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Outros monumentos importantes para a cidade são a estátua Mariblanca, do século XVII, e a estátua equestre de Carlos III, responsável pela modernização de Madrid em seu reinado no século XVIII.

  • Transporte público: Metrô – Sol (L1, L2, L3)

Curtir a noite => Maratona de bares em Madrid

 

Puerta de Alcalá

Pontos turísticos de Madrid

Uma das portas reais de Madrid, a de Alcalá.

Localizada ao lado do Parque del Retiro, a origem da Porta de Alcalá foi construída em 1778, por ordem de Carlos III. Essa é nada menos que uma das cinco portas reais antigas que davam acesso à cidade de Madrid.

Com estilo neoclássico em sua fachada interior, inicialmente voltada para a cidade, podem ser vistas estátuas das quatro virtudes: Prudência, Justiça, Temperança e Fortaleza.

A fachada exterior esbanja riqueza, cumprindo o objetivo da época, que era ostentar beleza para quem entrava na cidade.

Por ser um marco histórico, a Porta de Alcalá é um dos principais pontos turísticos de Madrid, e por ela passam ruas destacadas como as de Alcalá, Alfonso XII e Serrano.

Além disso, ela foi inspiração para outros arcos famosos como o Arco do Triunfo, de Paris, e a Porta de Brandeburgo, de Berlim.

  • Transporte público: Metrô – Banco de España (L2), Retiro (L2). Ônibus – Linhas 1, 2, 9, 15, 19, 20, 28, 51, 52, 74, 146, N2, N3, N5, N6, N7 e N8.

Prático => Ônibus turístico em Madrid

 

Plaza Mayor

O que fazer em Madrid

Conhecer a Plaza Mayor é um passeio obrigatório. | Foto: Sebastian Dubiel, via Creative Commons

Localizada no coração da cidade, a Plaza Mayor retrata a antiga Madrid, das pequenas ruas e vielas.

Foi construída no final do século XV como uma grande praça retangular, rodeada de edifícios antigos de três andares em todos os lados, com entrada apenas nos nove pórticos, ou arcos.

O mais conhecido deles é o Arco de Cuchilleros, na esquina sudoeste da praça. Outros destaques desse ponto turístico de Madrid é a Casa de la Panaderíae, construída por volta de 1590, e a estátua de Felipe III, pintada em 1616.

Esse local animado e movimentado abriga vários comércios e restaurantes, além de artistas de rua e eventos culturais.

  • Transporte público: Metrô – Ópera (L2, L5, R), Sol (L1, L2, L3), Tirso de Molina (L1). Ônibus – Linhas 3, 17, 18, 23, 31, 50, 65, N16 e N26.

O melhor de Madrid => Excursão guiada de bicicleta em Madrid

 

Museo del Prado

Museus em Madrid

O Museu é o principal de Madrid. | Foto: Brian Snelson, via Creative Commons

Madrid além de ser cheia de atrações para os turistas, também é rica em história e arte. O Museu Nacional del Prado é um dos museus mais visitados da Espanha, e um dos principais pontos turísticos de Madrid.

O edifício que hoje abriga o museu foi desenhado em 1785 como Gabinete de Ciências Naturais, por ordem de Carlos III.

Localizado em um lugar agradável e cheio de árvores, lá estão obras-primas como As Meninas, de Velázquez, e Os Fuzilamentos de 3 de Maio, de Goya. São mais de 8.600 quadros e de 700 esculturas.

Em sua vasta coleção, o visitante pode contemplar desde murais românicos do século XII, até quadros do século XIX criados por Francisco de Goya.

  • Horário de funcionamento: aberto de segunda a sábado das 10h às 20h, domingos e feriados das 10h às 19h. Fechado no dias 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro. Nos dias 6 de janeiro, e de 24 a 31 de dezembro, o horário de atendimento é das 10h às 14h.
  • Preço: entrada gratuita de segunda a sábado das 18h às 20h, e domingos e feriados das 17h às 19h. Nos demais horários, o valor de entrada custa a partir de 7,50 €.
  • Transporte público: Metrô – Banco de España (L2), Estación del Arte (Antigua Atocha) (L1). Ônibus – Linhas 9, 10, 14, 19, 27, 34, 37 e 45.

Recomendo => Visita guiada ao Museu do Prado

 

Gran Via

Principal avenida em Madrid

Gran Via vista do alto.

Essa é a principal e mais movimentada artéria da cidade: uma enorme avenida de mais 1.300 metros de longitude e de 100 anos de história. Sua construção se deu entre 1910 e 1931, e impulsionou o processo de modernização de Madrid.

Sua forma irregular se deve ao fato de que o projeto da Gran Via deveria respeitar três edifícios religiosos – o Oratório de Caballero de Gracia, a igreja de San José e a desaparecida igreja de San Francisco de Borja. Por ser uma rua tão antiga, a arquitetura dos edifícios em volta remete ao século XX.

Na Gran Via estão localizadas algumas das lojas mais conhecidas da cidade e vários comércios ao ar livre, entre hotéis de luxo, lojas de grife, bares, restaurantes e teatros.

A Gran Via possui facilidades para o pedestre caminhar, devido a ampliações nas calçadas e faixas de pedestre. Entre as praças España e Callao, existe até uma ciclovia.

Os três pedaços principais da Gran Via são: de Alcalá a Red de San Luis, onde estão algumas lojas históricas e elegantes; de Red de San Luis a Callao, que é a área mais movimentada e onde estão as lojas maiores; e de Callao a Plaza de España, onde há várias lojas de recordações para turistas e até algumas lojas de marca, como Lacoste.

  • Transporte público: Metrô – Callao (L3, L5), Gran Vía (L1, L5), Plaza de España (L2, L3, L10), Santo Domingo (L2). Ônibus 1, 2, 3, 44, 46, 74, 75, 133, 146, 147, 148, M2, N18, N19, N20 e N21.

 Traslado => Do aeroporto ao Centro de Madrid

 

Plaza de Toros Las Ventas

Touradas em Madrid

Fachada imponente da Praça de Toros. | Foto: rmveiga, via Creative Commons

Um dos pontos turísticos de Madrid mais tradicionais que você encontrará é a Praça de Touros Las Ventas. Esse é o maior recinto do gênero na Espanha, e o segundo a nível mundial.

Inaugurada em 1931, Las Ventas chama a atenção até de quem não gosta das touradas, pela arquitetura grandiosa e azulejos pintados a mão.

Dentro da Praça de Touros existe um museu taurino, que conta a história desse lugar, e uma capela dedicada à Virgem de Guadalupe (Padroeira do México) e à Virgem de La Paloma (Padroeira de Madrid).

É possível fazer visitas guiadas em seu interior com audiologia em 8 idiomas diferentes, incluindo o português.

  • Horário de funcionamento: para saber as datas disponíveis para comprar ingresso para a visita, é preciso verificar o site oficial de Las Ventas.
  • Preço: Informação disponível apenas no site.
  • Transporte público: Metrô – Ventas (L2, L5). Ônibus – linhas 12, 21, 38, 53, 74, 106, 110, 146, 210, N5 e N7.

Las Ventas => Excursão com guia em Las Ventas em Madrid

 

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

Catedral de Almudena

Igrejas da Espanha

A arquitetura da catedral mescla estilos e o resultado é de encher os olhos.

Idealizada em 1883 e finalizada em 1993, a Catedral de Almudena é uma construção impressionante. Sua arquitetura mistura estilo neoclássico no exterior, neogótico no interior e neorromânico na cripta.

A Catedral de Almudena foi a primeira da Espanha a ser consagrada por um Papa, em 1993, após sua conclusão.

Além das belezas do edifício, quem resolve visitar esse ponto turístico em Madrid irá encontrar dentro dele um museu que abriga os padroeiros da cidade: a Virgem de La Almudena e San Isidro Labrador.

  • Horário de funcionamento: de segunda-feira a domingo, das 9h às 20h3. De julho a agosto, das 10h às 21h.
  • Preço: entrada gratuita, mas pode ser solicitado um donativo de 1 €. A entrada para o museu custa 6 €.
  • Transporte público: Metrô – Ópera (L2, L5, R). Ônibus – linhas 3 e 148.

Visite => Hard Rock Café Madrid

 

Faro de Moncloa

O que fazer em Madrid

O incrível Faro de Moncloa.

Essa é a melhor forma de ter uma experiência “De Madrid al cielo”. São 92 metros cobertos por elevadores panorâmicos que levam ao miradouro do Faro de Moncloa, no coração da Cidade Universitária local.

Lá de cima dá para ver todos os pontos turísticos de Madrid, como o Palácio Real, a Catedral de la Almudena, o edifício de Telefónica da Gran Vía, entre outros.

Para quem tem um roteiro curto e quer ver de tudo um pouco na cidade, por exemplo, essa é uma ótima opção, já que dá uma visão panorâmica geral.

No mirador há um parapeito informativo, onde o viajante aprende sobre a história da cidade. O Faro Explorer é o super telescópio do mirador, com mais de 20 aumentos, e permite visualizar em detalhes monumentos naturais como a Serra de Guadarrama.

Graças a essa tecnologia é possível “entrar em edifícios”, “passear” pelas ruas da cidade, ou “entrar” no Palácio de Cibeles ou no Real. O céu é o limite.

  • Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 9h30 às 20h. Fechado às segundas-feiras. Abertura especial no dia 14 de maio. As visitas ao Faro de Moncloa podem ser afetadas pela meteorologia.
  • Preço: a entrada geral custa 3 €. A entrada reduzida para crianças entre 7 e 14 anos, desempregados, maiores de 65 anos e deficientes custa 1,50 €. Crianças até 6 anos não pagam. O Faro Explorer tem um custo à parte de 3 €.
  • Transporte público: Metrô – Moncloa (L3, L6). Ônibus – linhas 1, 12, 16, 44, 46, 61, 82, 83, 132, 133, 138, 160, 161, 162, C2, C1, A e G.

Degustação => Presunto e Vinho em Madrid

 

Palácio de Cibeles

Palácios de Madrid

O Palácio tem grande importância para a história de Madrid. | Foto: Diego Delso, via Wikimedia Commons

Diferente dos outros palácios da cidade, que foram construídos a centenas de anos, o Palácio de Cibeles foi finalizado já em 1919 pelo arquiteto galego Antonio Palacios.

Antes chamado de Palácio das Comunicações, logo recebeu o nome atual, devido à sua proximidade com a estátua da deusa Cibeles.

Atualmente, é a sede do Centro, que promove atividades para cidadãos e turistas, celebrando a cultura da cidade com exposições, apresentações, entre outros.

O Palácio de Cibeles é um ponto turístico de Madrid reconhecido, já que foi declarado Bem de Interesse Cultural com categoria de Monumento em 1993. Ele é um dos primeiros exemplos de arquitetura modernista espanhola.

  • Horário de funcionamento: exposições abertas de terça-feira a domingo, das 10h às 20h. Em 5 de janeiro abre das 10h às 14h. Fechado todas as segundas feiras, entre 1 e 6 de janeiro, em 1 de maio, e 24, 25 e 31 de dezembro.
  • Preço: o acesso ao edifício é gratuito. Para entrar no Mirador, a entrada geral custa 3 €. Crianças com menos de 6 anos não pagam. Nos dias 2 e 15 de maio, e 9 de novembro, a entrada é gratuita.
  • Transporte público: Metrô – Banco de España (L2). Ônibus – linhas 1, 2, 5, 9, 10, 14, 15, 20, 27, 34, 37, 45, 51, 52, 53, 74, 146, 150, 203, N2, N3, N5, N6, N7, N8, N9, N10, N11, N16, N17, N18, N19, N25 e N27.

Madrid em um dia => Entradas para o Palácio Real e Museu do Prado

 

Pontos turísticos de Madrid: básicos e imperdíveis

A verdade é que 12 lugares em Madrid não são nem de longe tudo o que a cidade tem a oferecer. Mas para quem vai fazer um tour pela Espanha, por exemplo, e não quer deixar a capital de fora, esse é o principal a se visitar.

Madrid tem uma grande vantagem que é o site da prefeitura, que tem uma parte falando apenas sobre o turismo, todos os pontos turísticos de Madrid, valores, transporte e outras informações. Saiba mais sobre o transporte em Madrid (em breve).

Isso ajuda muito quem quer informações mais detalhadas sobre determinado lugar.

Por último, não deixe de se planejar e comprar ingressos para atrações com antecedência pela internet e assim aproveitar o melhor que Madrid tem a te oferecer. Confira mais neste vídeo publicado pelo site oficial de turismo de Madrid:

Agora que você tem um guia completo sobre os pontos turísticos de Madrid, compartilhe este post com seus companheiros de viagem.

Você também vai gostar

Deixe um Comentário

* Ao usar o formulário você concorda com o armazenamento dos dados nesse site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumimos que você concorda, mas pode desabilitar se assim preferir. Aceitar Saiba Mais