Home » Viajar de carro na França: roteiro e dicas

Viajar de carro na França: roteiro e dicas

por Eduardo Dias Araujo
Publicado: Última Atualização em 0 comentário

Viajar de carro na França é extremamente fácil e confortável, pois as estradas têm excelentes condições e ótima sinalização, além de o trajeto ser lindo. Não se surpreenda se passar por um castelo escondido ao longo do caminho ou por um campo de flores.

Quem nunca ouviu falar das maravilhosas autoestradas europeias? O sonho de todos nós é viajar em grandes distâncias nas cidades da França com autonomia e comodidade, mas nem sempre é assim.

Você poderá fazer uma linda viagem de carro pela França mas sem alguns cuidados a sua experiência também poderá ser cheia de perrengues, para isso fique ligado nas minhas dicas de roteiro para que os seus passeios na França seja m inesquecíveis.

Planeje sua viagem => Hotéis baratos na França

Seguro viagem Europa »

 

Como é andar de carro na França?

Carros em Paris

Dirigir na França requer alguns cuidados e muita atenção.

Andar de carro na França te trará comodidade e você chegará ao seu destino bem rápido por poder andar em alta velocidade nas autoestradas.

No entanto, não espere magníficas paisagens nessas rodovias, pois o percurso pode ser até entediante. Bem diferente é a realidade nas pequenas estradas e communes (comunidade local), que ficam dentro das cidades. Essas são extremamente charmosas e cheias de surpresas.

Quando você for abastecer o carro, provavelmente não terá nenhum funcionário para te ajudar. Muitas coisas na França são automatizadas, portanto você terá que abastecer sozinho e depois entrar na loja de conveniência para pagar.

Em outros postos você terá que passar o cartão de crédito/débito antes e depois será liberada a bomba. A gasolina recomendada pelas operadoras de aluguel de carro são normalmente dos tipos 95 ou 98. Falando nisso, saiba tudo sobre o aluguel de carro na Europa.

CLIQUE AQUI para reservar seu carro na França mais barato »

 

Pedágios na França

A maioria dos pedágios nas autoestradas francesas também é automatizada, ou seja, você terá que inserir o seu cartão ou dinheiro (geralmente não aceitam moedas) e retirar o recibo sozinho.

É importante ressaltar que existe diferença das cabines de pedágio na forma de pagamento: algumas aceitam só cartão e outras só dinheiro, então fique atento antes de direcionar o carro.

Os pedágios também contam com a cobrança automática, onde você não precisa parar o veículo, e, assim como nas rodovias brasileiras, também há uma cancela certa para passar com o carro.

Outros pedágios funcionam da seguinte maneira: quando você entrar em uma rodovia irá retirar um ticket, que deverá ser pago somente em outro pedágio ao sair da rodovia. O valor é considerado justo pelas ótimas condições das estradas, mas o preço varia muito dependendo da região.

Economia => Viajar barato para a Europa

 

Habilitação na França

Aluguel de carro na França

A habilitação brasileira é permitida para dirigir na França.

A dúvida de muita gente inclusive já foi a minha: para conduzir um carro na França precisa de habilitação internacional? A lei francesa permite a condução no país com uma licença não europeia para quem vai passar as férias por um período inferior a 185 dias.

Se esse é o seu caso, você pode alugar um carro e dirigir com a sua carteira de motorista brasileira válida, desde que esteja em francês ou acompanhada de uma tradução juramentada em francês ou ainda acompanhada da permissão internacional para dirigir.

Você conseguirá alugar um carro sem problemas com a CNH brasileira, entretanto, se for parado pela polícia terá que dar explicações e pagar multa. Em todo caso, aconselho que você tenha todos os documentos necessários, incluindo o passaporte em dia para evitar problemas futuros.

Vale ressaltar também que a França é conhecida por ter muitas rotatórias. São milhares espalhadas pelo país, estrategicamente localizadas de forma a te levar na direção que você deseja. O importante é anotar os nomes das cidades de referência, prestar atenção e entender a sua rota.

Prático => Chip na Europa

 

Roteiro de carro de 7 dias na França

Viajar de carro na França fazendo um roteiro de 7 dias não é uma tarefa difícil. Eu sempre me imaginei viajando pelo interior da França, comendo deliciosas baguetes regadas a um bom vinho francês e acredito que com você não deve ser diferente.

Acompanhe abaixo o roteiro que preparei de 7 dias para o norte da França. Vale ressaltar que se você não tiver muito tempo, poderá adaptar esse roteiro para 5 dias.

 

Dia 1 – Chambord e Cheverny (Vale do Loire)

Roadtrip na França

Cheverny / Foto: Aline Derísio.

Saia de Paris bem cedinho e vá para a primeira cidade da região que tem os castelos mais incríveis da França: Chambord. A cidade completou recentemente 500 anos e guarda o maior castelo da França, que leva inclusive o seu nome.

O lugar realmente é enorme e todos os castelos tem um jardim em que você poderá passar um tempo. Eu gastei 3 horas nesse castelo. De Paris até o castelo de Chambord de carro você demorará aproximadamente 2h10.

Siga para o Castelo de Cheverny, depois de mais 18 minutos de carro. Reserve pelo menos 1h30 para conhecê-lo. Bom, acho que já está bom de castelo por um dia só, ainda mais que o Chambord é bem grande. Quando estive no vale, me hospedei no Hôtel Chateau Golf des Sept Tours by Popinns, um hotel/castelo bem charmoso.

Também aproveitei para jantar por lá. Não digo que seja um dos lugares mais baratos (diária para duas pessoas sai por 138 €), muito menos o jantar, mas no momento queria me dar esse luxo. E falando em preços, descubra quanto custa viajar para a Europa.

Lembrando que todos os castelos são pagos para visitação e os valores ficam entre 11 € e 14.50 € (mas é sempre bom checar antes de ir).

  • Endereços
  • Chateau de Chambord: Château, 41250 Chambord
  • Chateau de Cheverny: 41700 Cheverny
  • Hôtel Chateau Golf des Sept Tours by Popinns: Le Vivier des Landes, 37330 Courcelles-de-Touraine

Excursão => Castelos do Vale do Loire

 

Dia 2 – Villandry, Amboise e Chenonceau

Roteiro completo pela França de carro alugado

Chenonceau / Foto: Aline Derísio.

Se você gostou do passeio dos castelos, sugiro começar o segundo dia conhecendo o Castelo de Villandry, onde tem os mais belos jardins de todo o país. Indico separar 1h30 minutos para conhecer todo o local, já com as malas no carro

Siga até a cidade de Amboise, que é uma graça e um ótimo lugar para almoçar. Aproveite para conhecer o castelo de Amboise, onde está enterrado Leonardo da Vinci.

O pintor, inclusive, usava a paisagem do castelo e do jardim de inspiração para as suas obras. Eu levei cerca de 1h30 minutos para conhecer o lugar, que não é tão grande quando Chambord. Deste, até o castelo de Amboise demorará aproximadamente 53 minutos.

Vá para o Castelo de Chenonceau, que fica a 18 minutos de Chambord. Também levamos 2 horas para conhecer esse magnífico lugar, incluindo os jardins. O local foi apelidado como Mini Vale do Loire, pois tem uma fazenda, plantações, adega, etc.

Lembrando que existem muitos outros castelos no Vale do Loire e museus, inclusive em Amboise tem a casa de Leonardo da Vinci (Château de Clos Lucé), mas separei os principais locais que acredito que valem a pena conhecer.

  • Endereços:
  • Château de Vilandry: 3 Rue Principale, 37510 Villandry
  • Château Royal d’Amboise: Montée de l’Emir Abd el Kader, 37400 Amboise
  • Château de Chenonceau: 37150 Chenonceaux

Ingressos => Casa de Leonardo da Vinci

 

Dia 3 – Mont Saint-Michel

pontos turísticos da França

Famoso Mont Saint-Michel. | Foto: Aline Derísio.

Agora vá direto para Mont Saint-Michel para passar o dia. Do castelo de Chenonceaux até o local levará aproximadamente 3h30.

O Mont Saint-Michel é uma fortaleza em uma ilha localizada na Normandia. Leva o nome da ilha rochosa dedicada a Saint Michel, onde se encontra hoje a abadia do Mont Saint-Michel. Existe a possibilidade de sair da cidadezinha até o monte gratuitamente de ônibus. Ele sai de 10 em 10 minutos. A outra opção é ir a pé levando 35 minutos.

Eu particularmente preferi ir caminhando, a vista é incrível e vale a pena se a sua intenção é tirar fotos. Dentro da antiga abadia, existem lojas de souviniers, de roupa, de doces, um hotel e vários restaurantes.

É gratuito se você não quiser conhecer por dentro da abadia. Agora se você quiser conhecer tudo que o monte tem para oferecer, desembolsará 10 € para adultos e 8 € para pessoas com até 25 anos.

Eu passei tranquilamente 4 horas no Mont Saint-Michel, incluindo o tempo de comprar os magníficos biscoitos amanteigados da Normandia (dica de ouro: experimente tudo da região, pois é maravilhoso).

 

Hospedagem

Aqui você terá a opção de dormir na cidadezinha do Mont Saint-Michel ou ir para o próximo destino e dormir por lá. Eu me hospedei no Hôtel Vert, o mais barato que consegui encontrar, já que, confesso, não queria gastar muito dessa vez. As acomodações são bem simples, mas limpas. Paguei 70 € a diária para duas pessoas.

Uma dica: o hotel vai te enviar um código para você conseguir entrar na cidade e estacionar o seu carro. O código terá que ser digitado na cancela. Recebemos um SMS do hotel com o código, mas sem muitas explicações.

O resultado foi que pagamos o estacionamento por fora e bem longe. Como era noite, tivemos que carregar a mala no frio. Então, deixo aqui a minha experiência para você não ter que passar por isso.

  • Endereço:
  • Hôtel Vert: Route du Mont Saint Michel, 50170 Le Mont-Saint-Michel

Interessante => Caminhada guiada na baía do Mont-Saint-Michel

 

Dia 4 – Praias do Dia D

Praias do Dia D

Memorial da Guerra em Omaha Beach. | Foto: Aline Derísio

Ainda na costa da Normandia, estão localizadas as praias do dia D, que serviram de palco para o início da vitória dos países Aliados na Segunda Guerra Mundial.

Existem alguns museus que contam a história e nas praias existem lindos monumentos e algumas ruínas do dia 6 de junho de 1944.

As praias que você poderá conhecer são: Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword. Eu visitei as seguintes atrações em um único dia: Arromanches, o Normandy American Cemetery and Memorial (Cemitério Americano), Omaha Beach e Pointe du Hoc e para mim já foi o suficiente. Agora se você é apaixonado por guerra então separare mais de um dia para conhecer todos os museus e todas as praias.

Eu me hospedei na cidade de Bayeux, no hotel Ibis Budget com cama confortável, chuveiro ótimo e um café da manhã simples, mas valeu o preço pago: 6,60 €. A diária para duas pessoas foi de 58€.

Para ser sincera, não lembro qual restaurante almocei, só sei que foi em Omaha Beach. Mas fique tranquilo, pois várias praias e museus têm locais que oferecem refeições. Além disso, Bayeux tem uma praça com charmosos restaurantes.

  • Endereço
  • Ibis Budget Bayeux: Rue des Longues Haies 14400 – Nonant

Tour => Praias do Dia D na Normandia

 

Dia 5 – Caen, Deauville e Trouville-sur-Mer

O que fazer em Caen

Place Saint-Pierre, em Caen. | Foto: Rungbachduong, via Wikimedia Commons

Caen é outra cidade importante para o Dia D e também uma cidade universitária, portanto bem animada. Os monumentos principais são: L’Abbaye-aux-Hommes, o Castelo de Caen, a Abadia de Sainte-Trinité, o memorial de Caen a Igreja de Saint-Pierre.

Você poderá passar um dia facilmente nessa cidade, mas como durante a minha viagem a intenção não era visitar museus,  consegui conhecer no mesmo dia Caen, Deauville e Trouville-sur-Mer.

As cidades de Deauville e Trouville-sur-Mer são vizinhas e pequenas, conectadas por uma ponte. Cidades litorâneas, onde os ricos parisienses passam o verão. Suas lojas e casas charmosas parecem um pouco com as de Campos de Jordão, no estado de São Paulo.

Em Deauville, você poderá caminhar em uma feirinha chamada Place de Morny onde vendem alimentos e roupas, conhecer o monumental Casino e andar beira mar.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Trouville-sur-Mer já é uma cidade mais calma e residencial. Tem alguns restaurantes, a igreja Notre Dame De Bon Secours e uma feirinha também. É um destino perfeito para quem quer viajar de carro na França, conhecendo cidades completamente fora do eixo turístico.

Experiência => Passeio guiado em Caen

 

Dia 6 – Étretat e Rouen

Praias Normandia

Falésias de Étretat.

Ah Étretat, essa esplendorosa cidade litorânea na Normandia foi inspiração para vários artistas em suas obras, entre eles Claude Monet.

As famosas falésias de Étretat são o principal cartão-postal da cidade. A principal atividade para você fazer por lá é caminhar pelas praias que levam aos belos arcos formados nos penhascos.

Passando por Étretat segui para Rouen, onde fiquei hospedada. Separei algumas horas para conhecer essa cidade, que apesar de não ter muitas atrações, é muito bonita. Vale a pena visitar a catedral de Notre-Dame de Rouen, a igreja da Joana D’Arc, a igreja Saint-Maclou, a igreja St. Ouen e o museu das belas artes.

Para a hospedagem, sugiro novamente o Ibis, com a diária para duas pessoas de 59 €. O Ibis não tem erro, tem sempre o mesmo estilo e quando eu não conheço muito a cidade me hospedo nessa rede por segurança.

  • Endereço
  • Ibis Rouen: 12 Avenue Aristide Briand, 76000 Rouen

Privado => Walking Tour com guia local em Rouen

 

Dia 7 – Giverny

Cidades da França

Casa e jardins de Monet, em Giverny.

Passe o dia na deliciosa cidade de Giverny, onde fica a famosa Casa de Monet (Fondation Claude Monet) e seu incrível jardim.

O valor do ingresso sairá por 9,50 € para adulto e 6,50 € para crianças entre 7 à 18 anos. Existe uma pequena igreja Sainte-Radegonde de Giverny onde Monet foi enterrado. Mas fique atento, o local não funciona nos meses de inverno.

  • Endereços
  • Fondation Claude Monet: 84 Rue Claude Monet, 27620 Giverny
  • Église Sainte-Radegonde de Giverny: 53 / 55 Rue Claude Monet, 27620 Giverny

Sem filas => Excursão a Casa de Monet

 

Roteiro de carro de 10 dias na França

Dia 1 – Mônaco

Principado de Mônaco

Vista de Mônaco.

Desta vez, a sugestão de roteiro para viajar de carro pela França é seguir para o Sul do país. Começando por Mônaco, que é um dos lugares franceses mais ricos.

As principais atrações são: le Palais des Princes de Mônaco, o cassino de Monte Carlo e conhecer uma das curvas mais famosas do circuito de F1 de Mônaco.

Imperdível => Museu oceanográfico de Mônaco

Dia 2 – Nice

O que fazer em Nice

Promenade des Anglais, Nice. | Foto: Courrier International, via Wikimedia Commons

Siga para Nice que tem uma orla esplêndida, com o mar azul turquesa e prédios chiques, além de um parque com vista para a cidade. Entre as atrações de Nice ainda está a catedral russa de St. Nicholas. Aproveite também para caminhar nessa cidade encantadora.

Sugiro quando chegar de Mônaco dormir em Nice, no hotel Florence Nice, ótima localização e pontuação 8.5 no Booking. O valor da diária é de 132€ para duas pessoas.

  • Endereço
  • Hotel Florence Nice: 3 rue Paul Déroulède, 06000 Nice

Delícia => Excursão gastronômica em Nice

 

Dia 3 – Saint-Paul-de-Vence e Cannes

Cidades medievais da Europa

Cidade medieval de Saint-Paul-de-Vence. | Foto: Villamania, via Wikimedia Commons

Durante sua viagem de carro na França, não deixe de passar em Saint-Paul-de-Vence, uma das vilas medievais mais antigas do país.

O lugar também serviu (e serve até hoje) de inspiração para pintores. Caminhe pelas lindas ruas e conheça as lojas com produtos locais.

Siga para Cannes, cidade que é o point dos ricos e famosos. Os restaurantes são super caros, os carrões estão em toda esquina, e a praia é paradisíaca.

Imperdível => Mergulho em Cannes

 

Dia 4 – Fréjus e Saint-Tropez

O que fazer em Fréjus

Charmosa arquitetura em Fréjus. | Foto: Frédérique Voisin-Demery, via Wikimedia Commons

Aconselho você a se hospedar e também conhecer a cidade de Fréjus. O hotel Cap Riviera está a apenas 10 minutos de Fréjus e fica á beira mar, com um restaurante com avaliação 9.1 no Booking.

Siga para Sainte-Maxime e pegue um barco para conhecer Saint-Tropez. Além da linda vista do barco, você poderá caminhar depois pelas ruelas e observar as casas antigas.

  • Endereço:
  • Hotel Cap Riviera: Plage du Grand Boucharel, 21 Rue de Claviers, 83370 Fréjus

De barco => Passeio de Nice a Saint-Tropez

 

Dia 5 – Port Grimaud e Le-Lavandou

Cidades Riviera Francesa

Belos canais em Port Grimaud. | Foto: Андрей Бобровский , via Wikimedia Commons

Reserve o dia para passar em Port Grimaud, uma cidade cheia de canais, pontes e casinhas que parecem de brinquedo. Siga para a praia magnífica de Saint-Clair, localizada em Le-Lavandou e aproveite para recarregar as energias antes de voltar a viajar de carro na França.

Dia inteiro => Excursão em Saint-Tropez e Port Grimaud

 

Dia 6 – Cassis

Cidades da França

Cassis é uma das paradas do roteiro de carro pela França. | Foto: Michal Osmenda, via Wikimedia Commons

Continuando com a rota, a próxima parada é a deslumbrante Cassis. Lá, você poderá fazer uma trilha pelas famosas calanques da região ou passear de barco. Aproveite para conhecer a praia chamada Le Bestouan, com água calma e transparente.

O hotel que eu sugiro é o Camassia com a diária a partir de 172.5 € para duas pessoas. Fica há 300 metros do centro e a nota no Booking é de 9.1.

  • Endereço
  • 13 Rue de la Ciotat, 13260 Cassis

 

Dia 7 e 8 – Marseilhe

Cruzeiro em Marselha

Marselha, a cidade mais antiga da França.

Marseille é bem grande e para conhecê-la você vai precisar de pelo menos dois dias. A cidade é conhecida por abrigar a Place Jules Guesde, Porte d’Aix, Vieille Charité, Catedral La Major, igreja Saint-Laurent e o museu de civilização da Europa e do mediterrâneo, entre muitas outras atrações.

O hotel que indico é o Newhotel uma pontuação de 8.4 no Booking, o valor da diária é de 132 € para duas pessoas.

  • Endereço
  • Newhotel: 71 Boulevard Charles Livon, 13007 Marseille

Marselha => Ingresso sem fila para o Mucem

 

Dia 9 e 10 – Aix-en-Provence

O que fazer na Provence

Campo de lavanda em Aix-en-Provence.

Finalizamos o nosso roteiro de 10 dia para viajar de carro na França em Aix-en-Provence, a principal cidade da região da Provence.

A cidade medieval é um pouco grande e conta com construções medievais, pequenas vilas, parques, produtos locais como queijos, a famosa lavanda (cartão-postal da região), alguns museus e grande importância cultural por Paul Cézanne ter vivido ali. Como são muitos atrativos, reserve os dois últimos dias do roteiro para conhecer a cidade.

Curta => Tours incríveis na França

 

Roteiro de carro de 15 dias na França

Você poderá planejar o seu roteiro fazendo uma viagem de carro na França com até 15 dias de duração. É possível organizar uma rota no sul da França e Itália ou até uma que englobe a França e a Suíça.

Qualquer um desses roteiros seria inesquecível e uma aventura, entretanto, preparei uma rota de 15 dias sem sair do território francês, esse país cheio de diversidade e lindas paisagens.

Esse roteiro pode ser feito em menos ou mais dias, se você quiser. No entanto, resolvi distribuir os destinos de uma forma que não fique muito cansativo ou corrido.

Cotação => Aluguel de carro na França mais barato

 

Dia 1 a 5 – Paris

Vista de Paris

Cinco dias são suficientes para explorar Paris.

Paris é uma cidade onde tem muito o que conhecer; São centenas de museus, monumentos e parques que dispensam apresentação. Acredito que 5 dias para conhecer a capital da França é o tempo ideal.

Indico o Hotel Regyns Montmartre com quartos a partir de 137 €, classificado com 2 estrelas e com ótima localização no bairro mais badalado de Paris, o Montmartre.

Se sobrar um tempinho durante sua estadia em Paris, sugiro conhecer a famosa Versalhes, que fica 35 minutos da capital, pois valerá muito a pena.

  • Endereço
  • Hotel Regyns Montmartre: 18 Place des Abbesses, 75018 Paris

Passeio noturno => De barco pelo Rio Sena

 

Dia 6 – Beaune

Cidades da Borgonha

Hospices de Beaune, o principal cartão-postal da cidade.

De Paris até Beaune são 3h10 aproximadamente. Costumo dizer que Beaune, a capital dos vinhos da Borgonha, é uma base perfeita para viajar de carro na França e desbravar o seu interior.

Fique um dia na cidade para conhecer as ruelas de pedras, edifícios centenários, uma pracinha com carrossel e campos verdes a perder de vista. Aproveite o dia para conhecer o Hôtel Dieu-Hospices, o museu das belas artes, o museu do vinho da Borgonha, e até fazer um passeio de balão.

Indico descansar em Beuane, se hospedando em um dos melhores hotéis da cidade, o Le Cep por 326 € a diária para duas pessoas.

  • Endereço
  • Hôtel Le Cep & SPA Marie de Bourgogne: 27 Rue Maufoux, 21200 Beaune

Inesquecível => Degustação de vinhos em Beaune

 

Dia 7 a 9 – Lyon

Cidades da França

Lyon é uma parada obrigatória em qualquer viagem de carro pela França.

Siga para Lyon em um viagem de carro que demorará aproximadamente 1h40. Lyon é uma das cidades mais famosas da França, conhecida pela sua incrível gastronomia e por lindos monumentos.

Indico conhecer a cidade em 3 dias. As atrações mais famosas são: o bairro de Vieux Lyon, Basilique Notre Dame de Fourvière, Anfiteatro Romano, Museu Galo-Romano, Fonte Bartholdi, entre outros.

Para hospedagem, indico o Quality Suites Lyon Confluence. Ele é ideal para quem prefere uma hospedagem conceitual e moderna, mesmo que seja um pouco afastado do centro. O valor da diária é de 100 € para 2 pessoas e valerá a pena.

  • Endereço Quality Suites Lyon Confluence: 50 Cours Charlemagne, 69002 Lyon

Prático => Ônibus turístico em Lyon

 

Dia 10 – Collonges-la-Rouge

Casas de Collonges la Rouge

Construções vermelhas são a marcada cidade. | Foto: Alertomalibu, via Wikimedia Commons

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

Acorde bem cedo, pois dessa vez a viagem demorará cerca de 3h50 até Collonges-la-Rouge. A linda cidade é conhecida como Nouvelle-Aquitaine e merece o vermelho (rouge) em seu nome.

Por lá, você poderá andar pelas ruas charmosas e conhecer o Castelo de Vassinhac e a Maison de La Siréne.

Descubra => Quantas milhas preciso para viajar para Europa?

 

Dia 11 – Issigeac

Interior da França

Ruas charmosas de Issigeac. | Foto: Mossot, via Wikimedia Commons

Outra cidade para passar o dia é a Issigeac, a 1h50 de Collonges-la-Rouge. A pequena vila medieval é cheia de história e fica fora do roteiro usual. Por ser pouco turística, fará você sentir a verdadeira essência francesa.

Conheça a igreja de Saint-Felicien d’Issigeac e caminhe pelas ruas de pedras. Aos domingos, o mercado dos fazendeiros com produtos locais deliciosos e preços justos, valerá ainda mais o passeio.

Sugiro se hospedar nessa cidade no hotel Le Doyenné com avaliação de 9,7 no Booking. A diária será de 96 € para duas pessoas incluindo um pequeno almoço.

  • Endereço
  • Hotel Le Doyenné: 38 Rue de l’Ancienne Poste, 24560 Issigeac

Compare => Todas as locadoras de carro na França

 

Dia 12 a 14 – Bordeaux

Cidades francesas

Belezas da arquitetura de Bordeaux.

Dirija cerca de 1h45 para chegar até o próximo destino para viajar de carro na França: Bordeaux. Essa é uma das cidades mais famosas do país, principalmente por ser a região dos excelentes vinhos, inclusive originando o nome de um típico vinho local, o Bordeaux.

Para ter um ideia geral da cidade, faça um circuito com os ônibus vermelhos da Bordeaux City Tour ou de bicicleta, já que a cidade é plana e adaptada para esses tipos de passeios. A visitas tem que incluir o centro histórico e os grandes castelos, pelo menos.

A sugestão de hotel da vez é o Mercure Cité Mondiale, muito bem recomendado, com ótima localização às margens do rio Garonne. A diária é de 148 € para duas pessoas.

Endereço

Hotel Mercure Bordeaux Cité Mondiale Centre Ville: 18 Parvis des Chartrons, 33080 Bordeaux

Ingresso => Degustação na Cidade do Vinho

 

Dia 15 – Biarritz

Roteiro na França

Praia em Biarritz, na divisa com a Espanha.

A última cidade é Biarritz, localizada a 2h20 de Bordeaux. A cidade tem lindíssimas construções e uma cultura bem diferente, por ser próxima à fronteira da Espanha. Sugiro incluir no seu passeio as atrações: farol, La Grande Plage, Museu do Mar e Pedra da Virgem.

Também indico se hospedar no hotel de 4 estrelas chamado Grand Tonic com uma ótima localização e decoração conceitual. A diária sairá por 88 € para duas pessoas.

  • Endereço
  • Grand Tonic Hôtel Biarritz: 58 Avenue Edouard VII, 64200 Biarritz

De bicicleta = Tour em Biarritz

 

Dicas para viajar de carro na França

Lavanda Provence

Estradas menores terão as melhores vistas.

Os postos de gasolina são abundantes nas cidades, mas escassos nas autoestradas. Nas rodovias, tem uma ótima estrutura (café, banheiros, etc). Não deixe o seu carro ficar na reserva, sempre abasteça quando ver um posto de gasolina.

Para você avaliar se compensa viajar de carro, sugiro conferir se o destino será para uma grande ou pequena cidade. Se for para uma grande cidade (Paris, Lyon, Bordeaux e Marseille, por exemplo) o carro só irá atrapalhar.

As grandes cidades têm trânsito, será difícil achar lugar para estacionar e você só passará nervoso. Assim, o que era pra ser rápido e confortável será estressante.

Viajar de carro na França é interessante quando você planeja ir para cidades delimitadas, por exemplo, para você explorar Nice inteira, as estradas secundárias são as mais bonitas, passando por paisagens deslumbrantes e por vilarejos charmosos.

Monte as suas bases em cidades pequenas, pois são regiões fáceis de sair e chegar com facilidade. Tente rodar na média de 200 km e 250 km por dia no máximo.

Vale a pena? =>  Viajar de avião na França

 

Regras de trânsito

Autoroute francesa

Consulte a sinalização e as regras do trânsito local.

Antes de fazer sua viagem de carro na França, consulte os códigos das rodovias e cidades que você deseja passar, assim como as placas de sinalização, pois muitas regras mudam de um lugar para outro.

Essa dica é muito importante para você não sofrer nenhum acidente ou levar buzinada. Os franceses, principalmente os parisienses, são estressados no trânsito.

Aconselho você planejar sua viagem pelo site Via Michelin.  Por lá você terá uma estimativa de quanto gastará de gasolina, pedágio, etc.

É óbvio, mas fique atento com os radares, pois os sistema francês de tolerância de velocidade é bem rígido. Por exemplo, na cidade de Blois a velocidade de umas das pistas é de 50km e se você passar a 55km vai ser multado. A velocidade nesse caso poderia ser ultrapassada até 51 km.

Se for viajar no inverno, alugue carro com pneus adaptados para a neve. Pesquise as condições meteorológicas para saber se irá nevar e certifique-se que está preparado para enfrentar condições diferentes das do Brasil.

Confira => Tipos de carros disponíveis para aluguel na França

 

Aluguel de carro

Viagem de carro

Alugue o seu carro com antecedência para não ter perrengues.

Para alugar o seu carro, sempre faça sua reserva de forma antecipada via internet porque, dependendo da época que você for, pode não conseguir um carro vago. Sugiro o site da RentCars que é um comparador online que oferece os melhores preços.

Ao alugar o carro, e se quiser ir a cidades pequeninas da França, use o seu aplicativo de localização tipo WAZE e Google Maps com um bom 4G disponível no seu celular. Mas se quer garantir, alugue um GPS no carro também (fique tranquilo, eles vão te oferecer essa opção).

Parece besteira, mas alguns pontos remotos podem ficar fora do seu mapa offline de smartphone e se for perguntar o caminho para os locais, pode ter problemas com a língua francesa.

Como funciona? => Imigração na Europa

 

Vale a pena viajar de carro na França?

Uma das melhores formas de conhecer as cidades bucólicas é viajar de carro na França. Pelo fato de que o transporte público entre pequenas cidades é precário, escasso ou inexistente, o carro dá mais liberdade e flexibilidade à viagem.

Além disso, ao ler roteiros que falam para conhecer uma cidadezinha durante um dia, eu conheci em 3 horas e foi mais do que o suficiente, se eu tivesse comprado passagem de ônibus ou de trem para o final do dia, iria ficar entediada e perder a oportunidade de conhecer melhor outra cidade.

Conduzir em cidades francesas requer conhecimento das regras locais, como velocidade, placas e as leis de trânsito. No mais, a sua viagem será intuitiva e deliciosa. Além disso, o planejamento da viagem faz todo a diferença para evitar perrengues.

E veja mais da costa francesa no vídeo produzido pelo site oficial de turismo na França com mais lugares lindos para sua roadtrip pela França:

Espero que tenha gostado dos roteiros e informações para viajar de carro na França! Qualquer dúvida ou dica deixe aqui embaixo nos comentários. Bon voyage!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

Deixe um Comentário