Home » Conheça 10 pontos turísticos da Europa

Conheça 10 pontos turísticos da Europa

por Eduardo Dias Araujo
Publicado: Última Atualização em 0 comentário

Visitar o Velho Continente e poder conhecer os pontos turísticos da Europa é o sonho de milhões de pessoas que traçam metas todos os anos para desbravar os países europeus. Nos 49 países da Europa, ou 50, caso entre na sua lista o Cazaquistão, os turistas podem encontrar não apenas monumentos e paisagens imperdíveis, mas também muita modernidade.

Não é à toa que a Europa, seja na faixa oriental ou ocidental, encanta milhares de visitantes, que ano após ano retornam para revisitar ou descobrir novos locais. São estilos, vibrações, histórias, novo e antigo, construções e obras de artes espalhadas por prédios ou a céu aberto. Não importa o país que você escolha visitar, o que vale a pena destacar é que em todos eles você terá a oportunidade de conhecer lugares incríveis e inesquecíveis.

No entanto, como se tratam de muitas cidades, vilarejos e aldeias, neste artigo cito 10 pontos turísticos imperdíveis na Europa que merecem a sua a atenção e vale a pena você conhecer. Vem comigo neste artigo pois darei muitas sugestões inclusive de castelos, igrejas e museus. Mas leia até o final, pois também aponto detalhes que são capazes de te surpreender!

Planeje sua viagem => Hotéis mais baratos na Europa

Seguro viagem Europa »

 

Pontos turísticos da Europa: locais imperdíveis

  • Torre Eiffel, Paris – França
  • Torre de Belém, Lisboa – Portugal
  • Palácio de Topkapi, Istambul – Turquia
  • Muro de Berlim, Berlim – Alemanha
  • Coliseu, Roma – Itália
  • Sagrada Família, Barcelona – Espanha
  • Torre Big Ben, Londres – Inglaterra
  • Museumplein, Amsterdam – Holanda
  • Castelo de Praga, Praga – República Tcheca
  • Praça Vermelha, Moscou – Rússia

CLIQUE AQUI agendar os melhores tours na Europa »

 

1) Torre Eiffel, Paris – França

pontos turisticos da europa wikipedia

Foto: Deror avi, via Wikimedia Commons.

A Torre Eiffel é considerada o símbolo não só de Paris, mas da França. Localizada no Campo de Marte, bem no coração da cidade Luz, ela recebe, pelo menos, 6,7 milhões de visitantes por ano.

Construída em 1889, para participar da Exposição Universal de Paris, ela se tornou, com certeza, a torre mais famosa do mundo e óbvio, é um destino imperdível para se conhecer na Europa.

Entre os pontos positivos de visitar a Torre Eiffel, design de Gustave Eiffel, está a localização. Isso por que ela fica a 25 quilômetros do Aeroporto Charles de Gaulle e a 14 quilômetros do Aeroporto de Orly.

Além disso, você pode chegar lá por meio das linhas 6 e 9 do de metrô trocadero ou pela linha 8 do Ecole militaire. Outra opção são as linhas 42, 69, 72, 82 e 87 de ônibus ou ainda a linha C do trem urbano RER: Champ de Mars – Tour Eiffel. Para subir até o topo confira um ingresso prioritário para a Torre Eiffel.

Por falar nisso, ao visitar a Torre você ainda pode conhecer outros lugares imperdíveis como os Museus das Artes e Civilizações da África, Ásia, Oceania e Américas, situado a 298 metros, o de Arte Moderna de Paris, localizado a 725 metros; o dos Esgotos de Paris, a 749 metros; o Guimet, a 758 metros; ou o Campo de Marte a 482 metros.

Uma curiosidade sobre a Torre Eiffel e talvez o que a torna ainda mais incrível, é que ela possui uma base quadrada, de 125 metros de largura e 300 metros de altura.

Basicamente, de cima da torre você consegue ter vista panorâmica de Paris. No entanto, do chão, praticamente de qualquer lugar da cidade luz, também é possível avistar o monumento.

Curta => Tours incríveis na França

 

2) Torre de Belém, Lisboa – Portugal

pontos turisticos de cada continente

Foto: Rob Oo, via Wikimedia Commons.

Com quase 504 anos de existência e cerca de 30 metros de altura, a Torre de Belém de Lisboa, em Portugal, também é um dos destinos mais procurados pelos turistas na Europa.

Esse monumento é imperdível e não te permite apenas admirá-lo por fora, mas também visitar o interior e ter uma visão belíssima tanto das ruas lisboetas, quanto do Mosteiro dos Jerônimos, da Ponte 25 de Abril e do Monumento aos Descobrimentos.

Vale destacar que a Torre de Belém é considerada o principal ponto turístico de Portugal. Ela foi construída na era de ouro portuguesa, na época das navegações, com o objetivo de proteger a cidade de invasores.

Não é à toa que dentro dela você pode conhecer, por exemplo, canhões antigos. No entanto, outro ponto positivo desta atração turística é a localização.

Só para ilustrar, Belém fica a 5 quilômetros da região Baixa do centro de Lisboa. Você pode chegar na Torre por meio do bonde 15E, que parte da Praça da Figueira e passa pela Praça do Comércio, dois pontos bem turísticos da capital portuguesa. Existem muitos passeios para a Torre de Belém que você pode contratar, por terra e até por mar.

Além disso, a viagem sai por cerca de 2,90 euros e demora cerca de 15 minutos. No local, além de visitar a famosa Torre de Belém e outros monumentos que citei acima, você também poderá provar os deliciosos e originais Pastéis de Belém. Essa receita é centenária, então merece, com toda certeza, a sua atenção! E, claro, confira se a Europa precisa de visto.

Só os melhores => Passeios em Lisboa

 

3) Palácio de Topkapi, Istambul – Turquia

Pontos turísticos - Europa oriental

Foto: Carlos Delgado, via Wikimedia Commons.

O Palácio de Topkapi, localizado em Istambul, na Turquia, é o terceiro destino imperdível na Europa que você precisa conhecer quando estiver na Europa Oriental.

Construído logo depois da conquista de Constantinopla, em meados do século 15, ele se tornou a base do poder do Império Otomano. Não é à toa que ainda hoje, ele é considerado reflexo da época imperial.

Quero destacar que o Palácio é belíssimo e merece a sua atenção. Não só por toda importância que ele já teve, mas também por seu tamanho. Para você ter uma ideia, o complexo é dividido em quatro partes, cada uma delas servindo a diferentes propósitos.

Por falar nisso, vale a pena destacar que o local conta com 700 mil metros quadrados, quatro pátios e diversos ambientes em seu interior. Entre eles, a sala de armas, a cozinha, os estábulos reais e o tesouro. Dá para fazer vários tipos de tours no Palácio de Topkapi: guiados com historiador, sozinho etc. Confira!

O lugar é tão grande que na época áurea, aproximadamente 5 mil pessoas trabalhavam e viviam no local. Logo, fique sabendo que visitar este Palácio é super fácil, já que ele fica a cerca de 23 minutos, de carro, do Aeroporto Internacional de Istambul Atatürk, ou a 1h10 de transporte público. Uma sugestão, por falar nisso, é usar o bonde, linha T1 do Sultanahmet.

E próximo ao Palácio você também encontra outros lugares para visitar! Coloque na sua lista o Parque Gülhane, ele fica 259 metros; o Museu Arqueológico de Istambul, localizado a 280 metros; a Igreja de Santa Sofia, a 602 metros; a Cisterna Basílica, a 737 metros; e outro marco turco, a Mesquita Azul, situada a 1 quilômetro do Palácio de Topkapi.

Excelentes => Atividades turísticas em Istambul

 

4) Muro de Berlim, Berlim – Alemanha

Foto: Edward Valachovic, via Wikimedia Commons.

Foram 28 anos até acontecer a queda do Muro de Berlim. No entanto, este ponto turístico histórico te reserva além de muitas lembranças dos tempos da Guerra Fria, espaços modernos para visitar.

Berlim, além de ter se tornado famosa por ter vivido quase 3 décadas dividida, também é conhecida pela agitação cultural que efervesceu na cidade após a queda do muro. Veja todas as atividades turísticas do Muro de Berlim.

Claro que o Muro de Berlim foi e é até os dias de hoje um ícone da Guerra Fria. Levantado em 1961 para separar as duas áreas da cidade: o setor capitalista do comunista, o local serviu de palco para mortes e muitas dores. Além disso, uma curiosidade está relacionada a finura desta parede de concreto.

Dito isso, saiba que você pode visitar dois trechos onde ainda é possível ter contato com este monumento histórico. O primeiro fica na East Side Gallery.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Neste local você encontra não só a maior seção do Muro, que ainda está de pé, mas a maior galeria de arte a céu aberto do mundo. O próximo trecho é a Berlin Wall Memorial. Localizada na Bernauer Strasse, esse trecho oferece uma visão real sobre o que era a divisão da cidade.

Por falar nisso, quero lembrar que chegar até estes trechos também é bem fácil. São cerca de 24 quilômetros do Aeroporto de Berlim – Schönefeld até a capital da Alemanha.

Só para ilustrar, de carro são cerca de 30 minutos, enquanto de transporte público são pelo menos 1h10. No entanto, ao visitar o Muro de Berlim você pode conhecer também o Memorial do Holocausto, o Museu Judaico de Berlim, o Reichstag de Berlim e o Brandenburger Tor.

Recomendo => Tours por Berlim, Alemanha

 

5) Coliseu, Roma – Itália

Cidades e seus pontos turísticos no continente europeu

Foto: Diliff, via Wikimedia Commons.

Pelo menos 6,9 milhões de pessoas visitam o Coliseu de Roma, na Itália, todos os anos. Ele foi construído no ano 80 e é, com certeza, um dos monumentos mais famosos do velho continente.

No espaço aconteciam as batalhas de gladiadores e, na antiguidade, o local era chamado de Anfiteatro Flavio. Para você ter uma ideia, este é o maior anfiteatro construído durante o Império Romano.

Dito isso, vale destacar que o Coliseu é o principal símbolo de Roma. Ele tem quase 2 mil anos de idade, já que a sua construção teve início no regime de Vespasiano, no ano de 72.

Uma curiosidade é que o anfiteatro possui 188 metros de longitude, 156 metros de largura e 57 de altura. Não é à toa que desde 2007 ele é considerado uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Para conhecer por dentro, agende uma excursão guiada no Coliseu.

Além disso, do Aeroporto Ciampino até o monumento são apenas 15 quilômetros, e você também pode chegar por meio da linha B do metrô Colosseo.

Outro ponto positivo é que ao visitar o Coliseu, você também pode conhecer o Arco de Constantino, situado a 144 metros; a Basílica de San Pietro in Vincoli, a 421 metros; a Basílica de São Clemente, a 473 metros; o Palatino, a 478 metros; e o Fórum Romano a 511 metros.

Interessante => O que fazer de melhor em Roma, Itália

 

6) Sagrada Família, Barcelona – Espanha

Foto: Bernard Gagnon, via Wikimedia Commons.

A obra mais importante de Antonio Gaudí, a Sagrada Família de Barcelona, na Espanha, também é um dos monumentos mais visitados do país.

Esta igreja, obra mais famosa do arquiteto catalão, possui, para muitos turistas e especialistas em artes, uma grandeza incomparável.

Por falar nisso, você acredita que apesar de tanta beleza e presença marcante na cidade, ela ainda não foi acabada? Bom, devido ao tamanho e riqueza de detalhes, não é de surpreender que isso pudesse acontecer!

No entanto, mesmo assim, você, com certeza, vai perder algumas horinhas apreciando a beleza deste prédio. Além disso, é possível conhecer o interior dessa obra-prima.

Considerada um marco da arquitetura moderna, a construção da Sagrada Família teve início em 1882 e que vale muito a pena reservar a Sagrada família com acesso prioritário.

A princípio, a igreja que já é enorme, teria 18 torres. No entanto, a morte de Gaudí, em 1926, atrasou um pouco a conclusão da obra, que ainda hoje passa por construção.

Vale destacar que a Sagrada Família possui 3 fachadas importantes e que você deve observar ao visitá-la. São elas: Nascimento, dedicada ao nascimento de Cristo; Paixão, reflexo do sofrimento de Jesus durante a Crucificação e Glória, em representação da morte, juízo final e inferno.

Quer visitar a Sagrada Família? Então, saiba que ela fica a 1 hora do Aeroporto de Barcelona, de transporte público, e a 20 minutos de carro.

Entre as opções para chegar até o destino estão as linhas 2 e 5 do metrô, além dos linhas de ônibus Temple Expiatori de La Sagrada Família, 19, 33, 34, 43, 44, 50 e 51, B20 e B24.

Perto dela você pode conhecer ainda a Torre Agbar, localizada a 1.3 quilômetros de distância; o Museu Egípcio de Barcelona, e a La Pedrera – Casa Milà, ambos a 1.4 quilômetro; e a Casa Batlló a 1.6 quilômetros.

Agende os melhores => Passeios em Barcelona

 

7) Torre Big Ben, Londres – Inglaterra

Conheça 10 pontos turísticos imperdíveis na Europa

Foto: Jarðsveppa, via Wikimedia Commons.

A Torre Big Ben, em Londres, na Inglaterra, é outro ponto turístico muito famoso do velho continente. Mais que isso, vale destacar que ela é ainda um dos símbolos mais importantes da Europa.

E claro, que ela não podia ficar de fora deste artigo. Vale lembrar que o Big Ben abriga o Parlamento inglês e por isso, é possível visitar algumas sessões parlamentares gratuitamente.

O relógio mais famoso da Europa foi construído em 1858 junto ao novo Palácio de Westminster. A Torre possui 106 metros de altura, conta com um estilo gótico e abriga quatro relógios gigantes.

Uma curiosidade é que dentro da torre do Big Ben fica um enorme sino de 14 toneladas. Já o relógio que marca as horas de Londres possui 7 metros de diâmetro em cada um dos lados. O seu funcionamento teve início em maio de 1859.

Por falar nisso, você sabia que de tão famoso e importante, hoje as badaladas da Torre são transmitidas diariamente pela emissora de rádio da BBC? Bom, ficou curioso para ver esse monumento de perto? Consulte o ticket para o Big Ben.

O Big Ben fica no Palácio de Westminster. Você pode chegar a este destino por meio do metrô Westminster, nas linhas Circle, District e Jubilee. Só para ilustrar, do Aeroporto de Heathrow, um dos mais importantes de Londres, são apenas 35 minutos de carro e 1 hora de transporte público.

Perto você pode visitar ainda o Palácio de Westminster, localizado a 17 metros; a Abadia de Westminster, a 307 metros; a famosa London Eye, a 425 metros; a St. James’s Park, a 636 metros; e a Trafalgar Square, a 861 metros.

Não perca => Incríveis atrações turísticas em Londres

 

8) Museumplein, Amsterdam – Holanda

Monumento mais visitado da Europa

Foto: Alpha.prim~commonswiki, via Wikimedia Commons.

Museumplein, em Amsterdam, na Holanda, é um lugar que não podia ficar de fora desta lista! Este monumento é conhecido como a Praça dos Museus.

Não é à toa que lá estão os museus mais famosos do país, entre eles o Museu Rijksmuseum, o Van Gogh e o Stedelijk. Só para ilustrar, no Museu Van Gogh fica o maior acervo de obras do artista, no mundo.

Neste caso, já que são muitas opções de museus para você visitar, vale lembrar que para evitar filas é sempre bom comprar o bilhete do Museumplein pela internet, no site de cada um dos espaços que deseja visitar e com antecedência. Esta dica te garante alguns descontos também, fica a dica!

Além disso, a Museumplein também é famosa por abrigar um dos espaços mais visitados da Holanda, o “I Amsterdam”. Bom, ao visitar este espaço não tem como não ver o letreiro, mas só para adiantar, ele fica bem no meio da Praça dos Museus e claro, não deixe de tirar uma foto por lá!

Dito isso, vale destacar que são apenas 22 minutos de transporte público da Amsterdam Centraal Station até o Museumplein; 35 minutos a pé; e 13 minutos de carro. A minha sugestão é: vá caminhando!

Você verá vistas e paisagens incríveis enquanto se dirige aos museus. Entre as atrações que você pode ver até chegar lá estão os canais, igrejas e prédios antigos. Além disso, lá perto você pode visitar ainda o Museu do Diamante e o Palácio Real.

Aproveite => Tours maravilhosos em Amsterdam

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

 

9) Castelo de Praga, Praga – República Tcheca

Pontos turísticos da Europa para visitar

Foto: Stefan Bauer, via Wikimedia Commons.

Construído no século IX, por volta de 870, o Castelo de Praga não é apenas um castelo medieval, mas também o maior castelo do mundo e claro, o monumento mais importante da República Tcheca.

Localizado na região mais alta da cidade de Praga, ele faz parte de um complexo histórico impressionante no Leste Europeu.

Em seu entorno ficam igrejas, entre elas a Catedral de São Vitus e o Monastério de São Jorge, além de palácios, como o Antigo Palácio Real e o Rosenberg Palace.

Vale destacar que hoje, o Castelo também é a residência oficial do presidente do país! No entanto, pega papel e caneta, pois a lista do que você pode visitar por perto é grande. Por isso, agende logo um tour pelo Castelo de Praga.

O seu passeio pode começar pela Rua do Ouro, e na sequência, que tal conhecer o antigo Palácio Real? Depois, a dica é seguir para a Basílica de São Jorge e esticar a visita até a Torre Daliborka, uma famosa prisão da cidade. Por fim, não deixe de visitar as 3 Torres: a Negra, a Branca e a da Pólvora.

O Castelo de Praga fica a oeste do Rio Moldava. Do Aeroporto de Praga até o Castelo são 14 quilômetros, cerca de 20 minutos de carro, e 47 minutos de transporte público. Por falar nisso, você pode chegar por meio da linha 22, do bonde Prazsky Hrad.

Só para te situar, a HradčAny fica a 100 metros do Castelo, enquanto a Catedral de São Vitus está a 143 metros; a Igreja de São Nicolau, a 386 metros; a Rua do Ouro, a 435 metros; e o Malá Strana a 485 metros. Confira onde ficar em Praga.

Diversão => Atividades de lazer em Praga

 

10) Praça Vermelha, Moscou – Rússia

Pontos turísticos da Europa para curtir

Foto: Christophe Meneboeuf, via Wikimedia Commons.

Sem dúvida alguma, a Praça Vermelha, localizada no coração de Moscou, na Rússia, é um dos meus pontos turísticos favoritos e na minha opinião, um dos locais mais belos do mundo, já que ela abriga a incrível Catedral de São Basílio!

Além disso, esta é uma Praça importantíssima para a história russa. Uma vez que ela já serviu de palco para importantes acontecimentos do país, entre eles, a Revolução Russa, de 1917.

A Praça Vermelha, vale destacar, abrigada ainda o Kremlin, um complexo fortificado às margens do Rio Moskva; o Mausoléu de Lenin; o Museu Nacional; o Gorky Park e o famoso Shopping GUM. Consulte a entrada para o Kremlin.

Uma curiosidade é que o nome Praça Vermelha significa, para os russos, algo como praça bonita, já que este seria o significado da cor no país. Bom, não irei discordar desta opinião, como já disse acima, adoro este lugar e sou suspeita para falar!

Contudo, outra curiosidade, um tanto quanto desconfortável ou nova para nós brasileiros, sobre esse lugar, é que para tirar fotografias, é preciso pagamento de tarifa.

Então fica a dica, chegue com algum dinheiro no bolso, mas não deixe de conhecer este local, ele vale muito a pena. Por falar nisso, do Aeroporto de Moscou até a Praça Vermelha são 17 minutos de carro, e 35 minutos de transporte público.

No último caso, você pode optar pela linha 2 do metrô, a Alma-Atinskaya, ou antes de chegar a ela, pegar o ônibus 105 na Schukinskaya Station. Vale ressaltar que esta opção evita 13 minutos de caminhada, mas aumenta o percurso para 45 minutos.

Lazer => Desfrute de passeios imperdíveis em Moscou

 

Tudo sobre os pontos turísticos imperdíveis na Europa

Visitar os pontos turísticos na Europa, como você pode perceber se chegou até aqui, contam com mais de um ponto positivo.

Isso por que a maior parte deles te permite não só conhecer o local mais famoso ou importante do país, mas também visitar muitos outros locais curiosos, interessantes e às vezes igualmente famosos.

Além disso, visitar o velho continente sempre irá te permitir estar em contato com muita história, pontos turísticos importantes, monumentos e cidades, todos esses muito conhecidos no mundo todo.

Mas apesar disso, conhecer e descobrir novos lugares. Isso porque a Europa, seja na faixa ocidental ou oriental, é cheia de agradáveis surpresas e muitas vezes, até os espaços menos conhecidos são capazes de te surpreender. Neste caso, a minha dica é estar sempre atento a tudo que acontece ao seu redor.

Por falar em dica, é sempre bom lembrar que ao viajar você precisa saber tudo sobre a validade do passaporte para Europa, seguro viagem e estar atento às regras de cada país que irá visitar.

Além disso, se ao ler este artigo você se interessou por conhecer o velho continente, comece a planejar a sua viagem agora. Como já destaquei em outros artigos, as viagens que são organizadas com pelo menos 8 meses de antecedência, costumam sair mais em conta e te permitem ainda incluir mais de um destino no seu roteiro.

Para finalizar, confira um vídeo sobre as belezas de Istambul, produzido pelo site oficial de turismo da Turquia:

Agora que você já sabe um pouco sobre os 10 destinos mais imperdíveis da Europa, siga viagem e depois compartilhe aqui a sua experiência!

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

Deixe um Comentário