Dicas de 8 lugares para viajar sozinho na Europa

por Pâmela Queiróz

Quer saber para onde viajar sozinho na Europa e qual é a melhor época? Então, agora é a sua hora! Ano novo, vida nova e este é o momento certo para você começar a tirar todos os projetos do papel.

Se o seu plano é fazer um roteiro de viagem sozinho na Europa, para aproveitar países como Espanha, Portugal e outros; para curtir cidades como Londres, Paris e outras, leia este artigo até o final. Nele falo tudo que você precisa saber antes de arrumar as malas. Além é claro, de te entregar um guia rápido sobre o que você precisa para colocar definitivamente os pés na estrada.

Infelizmente a ideia de viajar sozinho na Europa ou para qualquer outra parte do mundo sempre vem acompanhada de várias incertezas. É fato que muitas delas são colocadas na tua cabeça por pessoas que te querem bem e temem por sua segurança.

Mas para esclarecer todas as suas dúvidas, ou quase todas, e te ver desbravar novos mares, também vou listar neste artigo os melhores e mais seguros destinos e que têm a fama de acolher bem.

Preparado? Então anota todas as dicas! Mas antes de mais nada, não tenha medo de viajar sozinho na Europa. O que muita gente sabe, mas poucas irão te falar é que esta trip pode ser mais fácil do que parece.

Planeje sua viagem => Hotéis mais baratos na Europa

Seguro viagem Europa »

 

Para onde viajar sozinho na Europa

  • Lisboa, Portugal
  • Roma, Itália
  • Porto, Portugal
  • Paris, França
  • Londres, Inglaterra
  • Coimbra, Portugal
  • Amsterdam, Holanda
  • Cascais, Portugal

CLIQUE AQUI agendar os melhores tours guiados na Europa »

 

Melhores lugares para viajar sozinho na Europa

1) Lisboa, Portugal

roteiro viagem sozinha europa

Foto: Paulo Valdivieso, via Wikimedia Commons.

Se esta é a sua primeira viagem internacional e também a primeira que irá fazer sozinho. A minha primeira sugestão é Lisboa, em Portugal.

Um dos motivos é óbvio, na capital portuguesa, se fala português. Mas também por que a cidade é conhecida por ser uma das mais hospitaleiras e seguras para se viajar.

Não é à toa que em 2018 Lisboa foi eleita pelo World Travel Awards como a Melhor Cidade Destino e o Melhor Destino. Claro que após os prêmios, a cidade tem recebido cada dia mais turistas.

Esse é o segundo ponto positivo desse roteiro. Uma vez que você até poderá viajar sozinho, mas ficará sem companhia apenas se assim desejar.

 

O que fazer em Lisboa?

viajar sozinho espanha

Paredes do Castelo de São Jorge | Foto: OsvaldoGago, via Wikimedia Commons.

Lisboa por si só é uma cidade cheia de histórias e muitas paisagens, diga se de passagem, dariam cenas de filmes (claro que toda Europa é assim).

Em Lisboa você poderá visitar, por exemplo, o Castelo de São Jorge.  De cima dele a vista é panorâmica para toda cidade e você pode avistar, inclusive, as Pontes do Tejo e 25 de abril.

Em Lisboa também fica o famoso Paço do Terreiro, também conhecido como Praça do Comércio, local típico para festas abertas, como shows de Ano Novo.

Mas se você está em busca de história, não pode deixar de conhecer a Praça dos Restauradores. Ela fica entre a Avenida da Liberdade e a Praça do Rossio. Nela fica o obelisco de comemoração da libertação de Portugal, após 60 anos de domínio espanhol.

Também histórica é Belém. Localizada a 5 quilômetros da região Baixa do centro de Lisboa, você pode chegar na cidade por meio do bonde 15E, que parte da Praça do Comércio.

A viagem sai por cerca de 2,90 euros e demora cerca de 15 minutos. Além de ficar a famosa Torre de Belém, também se encontram no local o Mosteiro dos Jerónimo e os famosos e originais Pasteis de Belém.

Em contrapartida, você não pode ir a Lisboa e ficar sem conhecer o Bairro Alto. É lá que à noite lisboeta acontece.

A dica para conhecer o Bairro Alto é ir sem muitos apetrechos, como bolsas grandes e salto alto. Como o nome já indica, o local fica na área alta de Lisboa, ou seja, tem ruas estreitas e íngremes.

Melhores => Onde ficar em Lisboa

 

Como chegar a Lisboa?

Você pode chegar a Lisboa de Avião. Eu, particularmente, indico os voos diretos, são menos cansativos. Uma vez que do Brasil a Portugal são aproximadamente 10 horas de voo.

Por outro lado, caso esteja no interior da Espanha ou em alguma outra cidade portuguesa, você também consegue chegar no município de comboio ou autocarro (trem e ônibus, respectivamente).

Só os melhores => Passeios em Lisboa

 

Por que visitar Lisboa?

Além dos motivos que já elenquei acima, Lisboa é uma ótima cidade para se visitar, seja no inverno, seja no verão.

Isso por que mesmo no inverno, Lisboa tem um clima agradável e no verão, além de todos os pontos turísticos, você também poderá conhecer diversas festas fechadas (estilo baladas eletrônicas) e happy hour nas praças.

Entretanto, a dica de ouro é, se visitar a cidade na alta temporada, compre os bilhetes para entrar em museus e castelos antecipadamente.

Prático => Chip na Europa

 

2) Roma, Itália

viajar sozinho para barcelona

Foto: Berlinuno, via Wikimedia Commons.

Roma, na Itália, é nossa segunda sugestão. A cidade é famosa, uma vez que abriga a Catedral de Roma e o Coliseu.

Os italianos, além disso, são famosos pela hospitalidade. Mas não se assuste caso você tente comprar uma pizza e ao ser servida, ela ser bem diferente das vendidas no Brasil.

Isso acontece por que na Itália as pizzas têm diferentes formatos e tamanhos, e tudo depende da casa que a produz. Outra coisa que você não pode deixar de provar em Roma são os gelatos. Essa é outra refeição que pode ser um pouquinho diferente das brasileiras, mas vale muito a pena.

Andar pelas ruas romanas é outro ponto imprescindível do seu roteiro. Claro que isso te fará se sentir em outro local, as roupas penduradas nas janelas e o sotaque dos italianos gritando com as crianças que correm pelos pátios pode te transportar para outro ambiente, como um filme de Federico Fellini.

Como funciona => Aluguel de carro na Europa

 

O que fazer em Roma?

viajar sozinho para paris

Portas de Roma são verdadeiros pontos turísticos | Foto: Marten253, via Wikimedia Commons.

Roma é uma das cidades italianas mais visitadas da Europa. Você pode visitar como dito acima o Coliseu. O Estádio é imponente e no passado foi palco de grandes lutas entre gladiadores. Mas Roma não te reserva apenas este ponto turístico.

Também fica em Roma, o Vaticano. Claro que se você não for muito religioso este roteiro pode não te interessar logo de primeira. Mas vale destacar que a beleza do lugar é incontestável.

Outra curiosidade sobre a cidade é que fica nela a maior igreja do mundo, a Basílica de São Pedro. Além de ser o ponto católico mais importante do mundo, é lá que o papa celebra as liturgias mais importantes do catolicismo.

Um ponto positivo que vale destacar sobre Roma é a sua riqueza histórica. A cidade tem um repertório amplo quando se trata de museus de arte e sítios arqueológicos. Ou seja, mesmo que você não seja religioso, já viu que tem motivos de sobra para conhecer até os pontos de oração.

Seleção => Hotéis em Roma

 

Como chegar a Roma?

Se você estiver em um tour pela Europa, quase todos os roteiros apontados neste artigo poderão, em algum momento, se encontrar.

Isso é, você pode visitar algumas cidades de comboio, autocarro ou mesmo planejar um roteiro que engloba diversos destinos. Também vale ficar de olho nos voos low cost, estes são mais baratos!

Melhores => Tours guiados em Roma

 

Por que visitar Roma?

Roma pode te reservar muitas surpresas. Mesmo que você não fale italiano conseguirá se comunicar sem grandes dificuldades, pois os nativos da cidade já estão bem acostumados com turistas. Mas quando o destino for Roma, é preciso ficar atento as datas de viagem.

Isso por que em período de festividades e eventos do Vaticano, a cidade tende a ficar mais cheia. Por outro lado, o que seria incômodo para algumas pessoas, para você que irá visitar a cidade sozinho se torna mais um ponto positivo, já que será muito fácil fazer novas amizades, provavelmente desde que entrar no avião.

Descubra => Quantas milhas preciso para viajar para Europa?

 

3) Porto, Portugal

viajar sozinha portugal e espanha

Foto: User:Wafry, via Wikimedia Commons.

O Porto, em Portugal, também tem seus benefícios. Caso você queira visitar um Portugal mais raiz, este é o destino certo! Você sabia que o Porto foi a primeira escolha para capital do país?

Mas a minha sugestão tem outros motivos também. Na cidade você poderá visitar museus, fazer degustação de vinhos, fazer visitas guiadas e muito mais.

Vale lembrar que em 2017, a cidade ganhou o selo de Melhor Destino da Europa. E não foi à toa. O Porto é conhecido como a Cidade Invicta. Localizada no norte de Portugal, a região tem clima temperado marítimo.

Então, se você não gosta muito do frio, a melhor época para visitar o Porto é na primavera ou no verão. Contudo, a cidade não tem temperaturas extremas, o que a torna uma sugestão turística o ano todo.

Qual a melhor? => Companhia aérea para viajar para Europa

 

O que fazer no Porto?

Lugares seguros na Europa

Rio Douro | Foto: João Tiago M. S. Andrade, via Wikimedia Commons.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

No Porto você poderá ressaltar o seu traquejo com o vinho. Na cidade existem dezenas de vinícolas, não só as que produzem os tradicionais vinhos do Porto, mas também as que trabalham com o Douro.

A cidade também conta com museus e monumentos históricos. Entre eles, o Museu Romântico da Quinta da Macieirinha, o Monumento às Vítimas da Grande Guerra, a Fábrica do Inglês, o Parque São Roque e o Cemitério do Prado do Repouso.

Porém, se sua viagem até o Porto for rápida, adianto que se planejar direitinho, você consegue conhecer a cidade quase que ao mesmo tempo em que visitar Lisboa. Neste caso, a dica é ir direto ao Centro Histórico, pois tudo pode ser visto de forma gratuita.

Contudo, você ainda tem a opção de contratar as visitas guiadas para conhecer os miradouros ou ficar ainda mais por dentro da arquitetura da cidade. Mas só para ilustrar, não se esqueça de visitar o Rio Douro e a Vila Nova de Gaia, caso tenha tempo. Além de serem lindos, os locais dão ótimas fotografias.

Bons => Hotéis em Porto

 

Como chegar ao Porto?

A cidade conta com o Aeroporto Dr. Francisco Sá Carneiro, localizado a 11 quilômetros do centro. Você também pode chegar de comboio ou autocarro, ambos podem sair de Lisboa ou Espanha. Dúvidas sobre o turismo também podem ser esclarecidas por meio do telefone +351 223 393 472.

Excelentes => Passeios em Porto

 

Por que visitar o Porto?

O Porto assim como outras cidades da Europa não exige visto para turismo. O que por si só já é um grande benefício. Além disso, a cidade possui aquele ar interiorano, mas está bem localizada e oferece paisagens lindíssimas.

Além da hospitalidade portuguesa, algo que nos faz sentir muito acolhidos, o Porto também é um local, que no verão recebe turistas do mundo todo. Mais um motivo para você viajar sozinho, mas não ficar sem companhia, caso queira, é claro!

Excelente => Excursões de natureza e aventura na Europa

 

4) Paris, França

Viajar sozinho na Europa para Paris

Foto: Taxiarchos228, via Wikimedia Commons.

O que falar sobre Paris? Destino romântico, não dá para ir sozinho? É aí que você se engana. Paris é uma dessas cidades cosmopolitas. Ela não só é bela por ser a terra da Torre Eiffel, mas também por abrigar milhões de parisienses.

Sim, isso parece meio clichê. Mas acredite, eles são naturais e estão quase sempre muito bem vestidos, além de bem-dispostos para dar informações. Caso você não fale francês, não se preocupe, muitos franceses falam inglês, língua que pode te salvar!

Saiba como => Viajar barato para Europa

 

O que fazer em Paris?

Devo viajar sozinho na Europa?

Museu de Arte Moderna | Foto: Coldcreation, va Wikimedia Commons.

Além de visitar a Torre Eiffel, destino mais que obrigatório, você também pode escolher a capital da França para fazer compras. Neste caso, a dica é ficar de olho no euro, moeda que circula no País.

Paris também é considerada um museu ao ar livre. Então fique de olhos bem abertos ao andar pela cidade. Mas você também pode planejar um guia de viagem para visitar diversos museus. Entre eles, Louvre, Notre Dame e Panteão.

Mas lembra que eu disse que a capital francesa é um museu a céu aberto? Então, você poderá conhecer, sem gastar nada, o Arco do Triunfo, a Rua Quartier Latin e a Torre Eiffel, é claro. Mas ainda poderá apreciar Montmartre, Les Invalides e a Champs Élysées, entre outros locais.

Se você visitar Paris no verão também poderá conhecer diferentes praças e pontes, como o Jardim de Luxemburgo. No inverno a dica para fugir do frio é se abrigar em algum museu ou galeria de arte.

A minha dica hoje será o Museu de Arte Moderna. Caso você já esteja inteirado no mundo das artes, confere também o Louvre, Casa da Monalisa de Da Vince.

Aproveite => Hotéis em Paris

 

Como chegar a Paris?

Você pode chegar a Paris de avião, comboio ou autocarro. Tudo depende do seu local de partida. Vale sempre lembrar que seja qual for o seu destino, é sempre bom pesquisar as passagens e acomodações com antecedência, além dos voos low cost na Europa para ter mais descontos.

Ótimos => Passeios guiados em Paris

 

Por que visitar Paris?

A cidade, geralmente, é muito segura para turismo. Digo geralmente porque nos últimos anos ocorreram alguns atentados na capital francesa.

Mas não precisa ter medo. Depois desses casos, a França reforçou a segurança do País e Paris voltou a ser o destino turístico de milhões de pessoas.

Além disso, em Paris você poderá jantar em um daqueles restaurantes típicos, com vista para a torre mais famosa do mundo e com certeza fazer novas amizades.

Dicas => Viajar sozinho na Europa

 

5) Londres, Inglaterra

Viajar sozinho na Europa para Inglaterra

Tower Bridge fica acima do Rio Tâmisa.

Cenário de vários filmes clássicos e de ação, como, por exemplo, V de Vingança e Missão Impossível, Londres é uma daquelas cidades que queremos conhecer.

Seja pelo fato de não precisarmos de carro, seja para de fato viajarmos nos ônibus vermelhos de dois andares, este é um daqueles destinos ricos em cultura e novos aprendizados.

Lar da Rainha e dos príncipes mais famosos do mundo, Isabel II, Willian e Harry, respectivamente, em Londres você irá encontrar o Palácio de Westminster, a Abadia de Westminster e a Torre de Londres, entre outros locais.

Saiba mais => Mês mais barato para viajar para Europa

 

O que fazer em Londres?

Quando viajar sozinho na Europa?

London Eye é um dos principais pontos turísticos de Londres.

Londres reserva desde os passeios mais clássicos, como visitar a “rua dos Beatles” – a Abbey Road -, até andar na roda gigante London Eye.

Construída nos anos 2000, ela celebra o novo milênio. Hoje, ambos os locais são pontos famosos na cidade e valem a pena ser visitados.

Por outro lado, se você visitar a cidade no verão, não esqueça de conhecer o Hyde Park. Ele é o maior parque do centro londrino e conta com mais de 140 hectares de extensão.

Agora, se a sua melhor época para visitar Londres for no inverno, conheça a Camden Town. O lugar fica dentro de um bairro londrino e é famoso pelo mercado e estilo alternativo dos moradores.

 

Como chegar a Londres?

Neste caso irei te indicar o avião. Além de ser mais rápido é mais fácil. Mas para circular na cidade, caso já esteja na Inglaterra, use as bicicletas, além de baratas elas vão adiantar muito o seu passeio.

Lista => Hotéis em Londres

 

Por que visitar Londres?

Além de ser uma cidade segura, histórica e cheia de curiosidades, diga se de passagem, a vida da realeza é bastante curiosa, em decorrência dos protocolos.

Londres também é um destino relaxante no verão e empolgante no inverno. Cheia de praças abertas ao público e pubs para movimentar a noite londrina, este é o destino certo para quem viaja sozinho e quer conhecer diferentes locais ao mesmo tempo.

Aproveite => Melhores tours em Londres

 

6) Coimbra, Portugal

viajar sozinho na Europa para Coimbra é uma boa?

Foto: Vitor Oliveira, via Wikimedia Commons.

Coimbra, em Portugal, é mais um destino de língua portuguesa, para animar quem quer viajar sozinho, mas não deseja se preocupar com o idioma.

A cidade é considerada o berço de diversas tradições portuguesas. Além disso, se o seu destino turístico precisa ter natureza, este é o lugar certo para você.

A cidade, assim como outras regiões portuguesas, conta com o centro histórico. Em contrapartida, em Coimbra você poderá visitar também a área montanhosa, a Serra do Açor, local ideal para caminhadas e apreciação da natureza.

Além disso, em Figueira da Foz, você vai se deparar com praias refrescantes, caso chegue à cidade no verão. Porém, mesmo no inverno, a paisagem é de tirar o fôlego.

Curta => Atividades turísticas em Portugal

 

O que fazer em Coimbra?

Viagem sozinho na Europa

Universidade de Coimbra | Foto: Alvesgaspar, via Wikimedia Commons.

Coimbra fica na Costa Oeste de Portugal. Lá você encontra desde atividades de rua até passeios que permitem apreciar a arquitetura da cidade. Na cidade também existem diversos restaurantes típicos portugueses e da região.

Outro ponto positivo desta cidade é que ela abriga a faculdade mais antiga do País, a Universidade de Coimbra.

Então, caso você chegue no final ou no começo do ano letivo, poderá conhecer muitos estudantes e novamente, ter mais uma oportunidade para fazer novas amizades.

Em Coimbra você pode conhecer ainda as Ruínas de Conímbriga, a Sé Velha, o Jardim Botânico, o Jardim da Quinta das Lágrimas, a Aldeia de Piódão, o Termas de Luso, entre outros locais.

Pesquisa => Hotéis em Coimbra

 

Como chegar em Coimbra?

Se você já estiver em Portugal poderá chegar a cidade partindo do Porto ou Lisboa, ambos de comboio ou autocarro.

Do Porto, o percurso não demora mais de uma hora, em dias normais são 40 minutos. De Lisboa, por sua vez, o passeio pode levar cerca de 4 horas.

Seleção => Excursões em Coimbra

 

Por que visitar Coimbra?

Visitar Coimbra te reserva o velho unido ao novo. Ao mesmo tempo em que você se sentirá em uma cidade repleta de história e tradição, também irá se deparar com muita modernidade.

Prova disso é a Mata Nacional do Buçaco, Portugal dos Pequenitos, Serra do Açor, Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e as Praias de Quiaios e Fluvial das Rocas. Vale relembrar, que a cidade é muito acolhedora, já que há muitos séculos é a casa de milhares de estudantes.

Como conseguir? => Cidadania Europeia

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

 

7) Amsterdam, Holanda

viajar sozinho na Europa no inverno

Amsterdam é uma ótima cidade para ser visitada na primavera.

Amsterdam, na Holanda, é um daqueles destinos que vão te encantar. Ir até a capital holandesa sozinho, não só é muito fácil, já que você pode chegar lá de avião – saindo do Brasil -, como você poderá ainda incluir a cidade no roteiro de viagem, caso visite a Áustria, Berlim ou Praga. Por falar nisso, saiba onde ficar em Praga.

Amsterdam não é famosa por monumentos, como outras cidades europeias. Mas o município é agradável por seus canais e muito moderno, uma vez que é possível andar por toda cidade de bicicleta.

Outro ponto positivo deste destino é que Amsterdam é uma roteiros mais animados da Europa. A grande parte dos turistas são jovens e, tanto os pontos turísticos noturnos, quanto os diurnos, sempre poderão te reservar novas amizades.

Por outro lado, se a sua viagem é para ficar sozinho mesmo, você também poderá visitar museus, apreciar arte de rua ou simplesmente navegar pelos canais da cidade.

Agende => Tour sobre Anne Frank em Amsterdam

 

O que fazer em Amsterdam?

viajar sozinho na Europa para Holanda vale a pena?

Foto: Marco Almbauer, via Wikimedia Commons.

Na cidade, o que não faltam são opções turísticas para você relaxar e conhecer. Vamos começar pelos passeios de barco.

Eles podem durar cerca de 60 minutos e te levar para conhecer 12 locais, entre eles dois museus. Por falar em museus. Se você for a Amsterdam não pode deixar de conhecer o bairro e Museu de Anne Frank e o Museu Heineken Experience.

Em contrapartida, caso você queira fazer os dois passeios, saiba que pode se programar para navegar pelo canal e parar bem ao lado do museu mais importante do País, o Rijksmuseum.

Esse é o museu nacional dos Países Baixos e é focado na arte e história da região. Mas anota esta dica e não a perca por nada! Compre seu bilhete antecipadamente. Isso irá te tirar fora das filas de entrada, que são intermináveis.

Busca => Hotéis em Amsterdam

 

Como chegar em Amsterdam?

Conforme eu comentei acima, chegar na cidade é a parte mais fácil e isso depende apenas do seu local de partida. Para este destino também vale a pena ficar ligado nos voos low cost.

Mas outra dica é comprar o passeio que dá direito a visitar outros países baixos. Além disso, você também pode chegar a cidade de trem, caso parta de Bruxelas, Berlim ou Paris.

Não perca => Tours imperdíveis em Amsterdam

 

Por que visitar Amsterdam?

Além de se tratar de um destino jovem, o roteiro conta ainda com espaços diferentes daqueles que estamos acostumados no Brasil, como as casas flutuantes ou os coffee shops.

Além disso, a cidade também tem os mercados/feiras abertas e espaços religiosos para se visitar. Ou seja, Amsterdam oferece diferentes atrações turísticas e para todos os gostos.

Como funciona =>Imigração na Europa

 

8) Cascais, Portugal

Viajar sozinho na Europa, sim ou não?

Foto: Luis Miguel Bugallo Sánchez, via Wikimedia Commons.

Cascais, em Portugal, nos leva mais uma vez as terras lusitanas. É claro que se você puder viajar com tempo, poderá conhecer grande parte dos roteiros turísticos português em pouco tempo. Mas se o seu destino te reserva poucos dias, neste artigo você consegue traçar com precisão a sua rota.

A cidade é famosa pelas belas praias, que mesmo no verão tem temperaturas que chegam aos 21º. Além disso, é o destino de férias mais popular da costa lisboeta. Caso você viaje para Europa no verão, esta cidade precisa estar na sua programação.

Saiba como => Viajar de trem na Europa

 

O que fazer em Cascais?

Viajar sozinho na Europa, para qual país é melhor?

Museu Castro Guimarães | Foto: Hipersyl, via Wikimedia Commons.

Além das praias, a cidade também reserva alguns roteiros inusitados, como as formações das falésias da Boca do Inferno. Mas a cidade conta ainda com o Museu Castro Guimarães, o Passeio Marítimo do Estoril e o Parque Marechal Carmona.

Este destino tem mais a cara do verão. Já que ficam na cidade a Praia da Rainha, do Guincho, Parede, entre outras. Mas, vale destacar que no inverno a Cascais também tem o seu charme. Você ainda poderá almoçar em restaurantes com vista panorâmica, apreciar o pôr do sol ou caminhar pela marina de Cascais.

Principais => Hotéis em Cascais

 

Como chegar em Cascais?

Você pode chegar a cidade partindo de Lisboa, do Cais do Sodré, de comboio ou de Sintra de autocarro. Na cidade também existem muitos hoteis, entre eles, estão desde os mais simples, até os de 5 estrelas. Então vale a pena pesquisar um pouco antes de fechar a sua reserva.

Confira => Atividades turísticas em Cascais

 

Por que visitar Cascais?

Seja no verão, seja no inverno, a cidade tem se tornado cada vez mais ponto para encontros ou caminhadas. Sempre repleta de gente, Cascais é um daqueles destinos onde mesmo só, você consegue se sentir acompanhado.

Por outro lado, não pense que o agito da cidade vai te tirar a privacidade, pelo contrário. É possível se sentar por horas em algum banco ou pedra, próximo às praias, para apreciar a vista sem que alguém te interrompe.

 

Por que você deve viajar sozinho na Europa?

Não é que você seja obrigado a viajar sozinho caso queira ir a Europa. O fato é exatamente o contrário. Ou seja, você não deve deixar de ir a Europa se por acaso não tiver companhia.

Neste artigo deixei várias dicas sobre os melhores lugares e cidades que você pode visitar sem grandes dificuldades para chegar, se comunicar ou se hospedar em um eventual roteiro de viagem sozinho.

Todas as 8 cidades citadas acima são hospitaleiras, seguras e não necessitam de visto para turismo. Vale destacar que seja em uma viagem sozinho, seja acompanhado, você deve sempre levar em consideração algumas situações.

Entre elas, comprar os bilhetes para entrar em museus e galerias antecipadamente, contar com algumas cédulas de dinheiro local, cartão de crédito/débito internacional e telefone celular. Além disso, é sempre aconselhável comprar um mapa para fazer os passeios a pé.

Contudo, fique tranquilo e se planeje. Antes de sair do seu destino de origem, leia nosso artigo até o fim, escolha um roteiro e leia mais sobre ele! Depois é hora de colocar os pés na estrada.

Nessa hora não tenha medo. Viajar sozinho é mais fácil do que parece. Porém, aviso! Você corre sérios riscos de fazer novas amizades antes mesmo de sair do Brasil. Então fique atento a infinidade de belas paisagens que te aguardam e faça boa viagem!

Confira agora um vídeo com alguns dos países citados neste artigo, feito pelo site oficial de turismo na Europa.

Gostou das opções de lugares para viajar sozinho na Europa? Compartilhe a sua opinião nos comentários!

Você também vai gostar

Deixe um Comentário

* Ao usar o formulário você concorda com o armazenamento dos dados nesse site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumimos que você concorda, mas pode desabilitar se assim preferir. Aceitar Saiba Mais