Confira as roupas para o inverno europeu

por Pâmela Queiróz

Uma das dúvidas mais frequentes entre as pessoas que desejam visitar o velho continente é quais roupas levar para o inverno europeu? Claro, que a questão não está apenas relacionada as peças mais pesadas, mas também a quantidade. Isso por que as roupas de inverno são maiores e ocupam mais espaço.

Então, como montar uma mala eficiente e criativa? Bom, se você não quer perder tempo ou chegar ao seu destino com aquela sensação de devia ter trazido aquela peça ou não sei por que eu trouxe essa, leia este artigo até o fim.

Faço desta postagem um miniguia com, basicamente, tudo o que você precisa levar para o inverno da Europa. Mas também vou apontar o que você não precisa levar e dar ainda algumas dicas, que apenas quem mora no velho continente poderá sugerir.

Claro que as peças que você precisa colocar na mala dependem muito do seu estilo, não só pessoal, mas de viajante. Porém, faço sugestões gerais, que te permitirão adequar as dicas às suas necessidades!

Só para ilustrar, inicie o planejamento da sua mala com uma lista de tudo que você gosta. Inclua não só as peças mais quentinhas, mas as que você não vive sem. Aproveite e coloque todos os itens que você acredita que irá precisar em algum momento dessa viagem. Inclusive, remédios, cosméticos etc.

Bom, de todo modo não precisa se preocupar, a partir da leitura deste artigo você irá esclarecer dúvidas como onde comprar roupas térmicas para o inverno europeu, quais peças de roupas e casacos de inverno europeu femininas e quais roupas e casacos para o inverno europeu masculinas levar na sua viagem, além de como organizar a mala. Confira!

Planeje sua viagem => Hotéis mais baratos na Europa

Seguro viagem Europa »

 

Quais são as roupas ideais para o inverno europeu?

onde comprar roupas para o inverno europeu no brasil

Você terá que usar roupas que suportem o intenso frio europeu.

A resposta é simples! As roupas ideais, não só para o inverno europeu, mas para, praticamente, qualquer viagem, são aquelas compostas por peças confortáveis e, nesse caso, que suportam o frio da Europa.

Dito isso, tenha em mente que ao montar a sua mala, no Brasil, de fato você não estará totalmente preparado para o inverno europeu. Então anota as dicas, elas começam agora e estas duas primeiras, talvez, sejam as mais importantes deste artigo!

O primeiro motivo de não conseguir uma mala tão quentinha ainda em território brasileiro está atrelado ao valor das peças de inverno, que são mais altos no Brasil. Mas se por um lado esta não é uma notícia tão agradável. Por outro lado, ela também tem seus benefícios…

Isso porque, dependendo da época que você viajar para a Europa, você terá acesso aos saldos europeus. Nesse caso, você poderá comprar muitas roupas belíssimas de inverno por preços incompatíveis com os ofertados no Brasil.

Só para ilustrar, as liquidações europeias vão do início de janeiro até o final de fevereiro. Nesses dois meses de saldos você encontra, inclusive, peças de verão em oferta. Mas calma, vamos focar na estação fria!

Voltando ao inverno, para você ter uma ideia, se você comprar uma peça de frio no começo de janeiro, provavelmente no final do mesmo mês, aquela peça estará ainda mais barata! Por que estou dizendo isso? Porque você pode, por exemplo, viajar para a Europa com poucas peças de inverno e antes de começar a desbravar o Velho Continente, fazer algumas compras.

Logo, anote a dica: não viaje com uma mala muito cheia ou você correrá o risco de voltar ao Brasil com uma mala a mais!

CLIQUE AQUI agendar os melhores tours na Europa »

 

Separe peças de roupas para cada parte do corpo

onde comprar roupas de inverno na alemanha

É importante manter todas as partes do corpo bem aquecidas.

Mas se o seu objetivo for um pouco diferente do que citei acima, afinal de contas você pode não ser muito fã de andar por lojas em shoppings centers ou como se chamam pela Europa, em centros comerciais, então uma boa opção é buscar as peças de inverno em lojas especializadas.

Mas vale destacar, caso essa seja a sua escolha, que elas são bem mais caras em relação ao continente europeu. Por isso, comprar as peças mais pesadas, já no seu destino, será sempre a melhor opção!

Voltando à preparação da mala. O primeiro passo é dividir o seu corpo por setores, assim você evita esquecer algum item. Nesse passo, a ideia é que você espalhe todas as peças escolhidas em cima da cama, não só para visualizar os itens, mas também para fazer combinações.

Uma mala eficiente e criativa irá unir sempre peças confortáveis e que se combinam. Ou seja, esse método pretender evitar que você carregue mais coisas do que o necessário.

Agora, que você já tem ideia do que precisa levar e do que combina, a sugestão é dividir as peças por dia. Se você vai viajar durante 10 dias, você conta com duas opções.

A Primeira seria levar um look por dia, o que daria dez trocas de roupas. Em outras palavras, seriam pelo menos 10 peças de baixo (calças, saias, shorts) e 10 peças de cima (blusas, jaquetas, camisetas). Ou montar 10 trocas roupas com a menor quantidade de peças.

Um exemplo seria escolher uma calça que faça pelo menos três combinações diferentes. Essa segunda opção permite você levar menos coisas, então mesmo parecendo mais difícil, em alguns casos, como quando você deseja viajar com pouca bagagem, vale a pena dar atenção a esse item!

Você deve pensar que no inverno, as roupas se sujarão menos. Dessa forma, eu escolheria tranquilamente calças neutras e apostaria sempre em casacos e muitos acessório de inverno. Confira abaixo.

Melhores => Passeios na Europa

 

Não esqueça dos acessórios de inverno

roupas para inverno europeu masculino

Acessórios são essenciais sobretudo para quem vai encarar a neve.

Agora que já falei um pouco sobre as peças maiores, vale destacar outros itens tão importantes quanto. Ao arrumar a sua mala para o inverno europeu, você não pode se esquecer de incluir na sua bagagem peças para as mãos, orelhas, pescoço e pés. Por isso lembre-se das peças térmicas também!

Por falar em pés, não se esqueça de optar por botas. Tênis comuns não costumam ser muito indicados porque além de não proteger do frio, acabam não sendo a melhor escolha para quem deseja passar várias horas em caminhadas.

Então, se a sua escolha for as botas, prefira as de cano mais alto, que fecham junto à calça. Isso por que elas ajudam a vedar o vento e te deixará mais confortável também.

Outro benefício das botas, especificamente das que possuem solas emborrachadas, é prevenir escorregões, uma vez que você pode estar indo para um país que neva.

Atenção: não vale a pena economizar em sapatos inadequados para neve. Você pode se acidentar ao caminhar pelas ruas, fica tudo muito escorregadio, principalmente quando se forma camadas finas de gelo.

Por falar nisso, se um destino com neve for o seu caso, o ideal é escolher botas que possuem uma camada fofa ou material quente na parte interna. Já que entrei nesses detalhes, confira abaixo alguns tópicos que preparei para te dar mais dicas.

E além da utilidade dos acessórios para proteção das extremidades do seu corpo, eles podem dar conta de repaginar seu visual. Experimente lenços de cores diferentes com tons de roupas mais neutras. Inove com uma touca ou um protetor de orelhas!  Caso seja difícil comprar pelo Brasil, na Europa é muito fácil de encontrar: chapéus, toucas etc.

Prático => Chip na Europa

 

Peças de roupas para o inverno europeu que não podem faltar

Roupas térmicas

roupas térmicas para inverno

Roupas térmicas são mais finas, porém eficientes a depender do ambiente.

Uma técnica muito famosa entre os viajantes e que vale a pena você conhecer é o método da cebola. Calma, o nome é engraçado, mas faz muito sentido, já que estou falando sobre camadas. Além disso, esta técnica também poderá atender às suas necessidades.

Para adiantar, essa prática consiste em se vestir em camadas, iniciando com as peças mais finas e concluindo, obviamente com as mais pesadas. No geral, cada um vai optar pela técnica que traz mais conforto e também a que se adequa melhor a programação do dia.

Digo isso, porque apesar de a Europa ter um frio congelante, dependendo de onde você for, como centros comerciais, restaurantes e lojas, sempre haverá calefação. Ou seja, os locais fechados possuem sempre temperaturas agradáveis.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório na Europa?

Além de ser obrigatório nos países do Tradado de Schengen, a imigração de qualquer país pode solicitar o documento para permitir ou negar sua entrada.

Faça uma cotação online na Seguros Promo, comparando o preço nas melhores seguradoras. Aproveite e ganhe até 10% de desconto usando o cupom VIAJARNAEUROPA, é só clicar no botão.

 

Porém, o que você precisa ter em mente é que se optar pelas roupas térmicas, não precisará sair às ruas parecendo um ursinho, sem conseguir se mexer.

Brincadeiras à parte, as peças térmicas, normalmente são fininhas, e quase sempre feitas de tecido tecnológico. Elas servem para isolar o corpo, manter calor e impedir a entrada do frio. Só para ilustrar, existem tanto calças quanto camisetas, meias e luvas com esse propósito.

Claro que essas peças precisam estar na sua mala, não só por que elas não irão ocupar muito espaço, mas principalmente, por que vão te ajudar e muito a se proteger do frio.

Dito isso, vale ressaltar que você encontra esse tipo de roupa não só em lojas especializadas, mas de materiais esportivos. Além disso, na Europa, você encontra esses artigos até em mercados e claro, os valores são bem acessíveis. Além das camisetas e calças térmicas, também existem as meias-calças e leggings, femininas e masculinas, que possuem o mesmo efeito.

Outras peças que podem te ajudar, caso você seja parecido comigo e não se adapte as peças térmicas, são as roupas feitas em lã. No meu caso, que sou quase vegana, opto pelos artigos sintéticos, ou seja, que imitam lã. Independente da sua escolha, lã verdadeira ou sintética, quero destacar que essas peças também seguram bem o frio e são muito quentinhas.

Geralmente, eu saio de casa com uma primeira pele (camiseta de manga comprida comum, mas que gruda no corpo), uma blusa de lã e um blusão. Acredite, sou mega friorenta e não passo nada de frio.

Inclusive, foi exatamente isso que levei para uma viagem que fiz para Holanda e inclui apenas o cachecol e a touca, itens obrigatórios na sua mala e não passei frio!

Como funciona => Aluguel de carro na Europa

 

Casaco impermeável

Casacos impermeáveis para usar no inverno europeu

Peças do tipo aquecem muito bem.

Nem sempre você irá optar pelo casaco impermeável. Já que ele se trata de uma camada fina, mas para dias em que há previsão de chuva ou tempo molhado, essa é uma ótima escolha, fica a dica!

Contudo, essa peça ainda pode te proteger do frio e do vento. Para você ter uma ideia, existem alguns tipos de casacos impermeáveis preparados para o frio extremo.

Entre os casacos desse tipo mais escolhidos por turistas estão os doudounes, popularmente chamados no Brasil de “bonequinho da Michelin”. Mas adianto que essas peças, que possuem enchimento de plumas ou poliéster, não costumam ser muito quentes, porém não deixam passar o vento.

Só para ilustrar, os de pluma são um pouco mais quentes que os sintéticos, mas eu indico sempre optar por aqueles que não fazem parte da crueldade animal, pois no final, a diferença é pouca.

Na hora da sua compra, para saber qual a composição do seu casaco, basta ler na etiqueta os produtos usados. Se for a base de poliéster, ele foi enchido com nylon ou material parecido. Mas se a base for “down”, então ele possui penas.

De qualquer forma, você consegue encontrar esse modelo tanto em lojas do Brasil, quanto na Europa. Claro que no Velho Continente os preços serão mais amigáveis.

Por falar nisso, uma dica importante é que quando você optar por esse modelo ou por casacos que imitem lã (aqueles mais pesados) a sugestão é escolher sempre os de comprimento longo, que cheguem pelo menos perto dos joelhos. Assim você fica melhor protegido. Quero lembrar ainda que outra opção são as parkas. Elas também costumam ser longas, normalmente são impermeáveis e possuem capuz.

Descubra => Quantas milhas preciso para viajar para Europa?

 

Meias térmicas

meias térmicas para usar no inverno europeu

Não hesite em investir em meias de lã ou térmicas

As meias são tão importantes, que inclusive, ganharam um tópico exclusivo neste artigo. Para você ter uma ideia, elas não são responsáveis apenas por aquecer os seus pés, mas por protegê-los e impedir que eles congelam, ninguém quer ir a Europa e voltar com problemas nos pés!

Dito isso, não hesite em investir em meias de lã ou térmicas. Elas fazem toda a diferença. Além disso, opte por meias que vão até a canela ou joelhos, proteger essas partes nunca é demais.

Conforme já citei acima, outra opção são as meias-calças. Além dos modelos femininos, também existem as masculinas e ainda um modelo feito com tecido de moletom.

Para você saber qual escolher, verifique a parte interna da meia, ela precisa ser bem fofinha. Isso vai te garantir mais conforto, com certeza. E quer saber um segredo? Você pode até aguentar passar frio as orelhas ou mãos, mas se seus pés não estiverem bem aquecidos, você poderá ter que voltar para o hotel por não aguentar!

Qual a melhor? => Companhia aérea para viajar para Europa

 

Luvas

Luvas para usar no inverno europeu

Luvas são encontradas em diversos lugares e a preços muito acessíveis

As luvas também são itens importantíssimos. Não só para quem vai andar de bicicleta, caso você visite Praga, na República Tcheca ou Amsterdam, na Holanda, mas para quem, assim como eu, adora sair caminhando e descobrindo as cidades por acaso.

Hoje, as luvas são encontradas em diversos lugares e a preços muito acessíveis. Então, vale muito a pena investir nesse item. Inclusive, quem dispensa o artigo por que não gosta de largar o celular, saiba que existem lojas especializadas em luvas touch screen para manusear celular,.

Isso mesmo: você não precisará tirar e colocar a luva toda vez que for fazer uma selfie ou olhar o mapa! Só para ilustrar, esse tipo de luva possui nas pontas dos dedos polegar e indicador uma superfície diferenciada que é aceita pela tela dos celulares e tablets.

Ah, uma dica bacana é: nunca tenha somente um par de luvas, pois elas são os acessórios mais perdidos durante a viagem. Você acaba tirando muitas vezes, o que facilita o esquecimento ou a perda. E pasmem: é bem comum ver inúmeras luvas solitárias no chão, nas estações, dentro dos metrôs e até em restaurantes.

Excelente => Excursões de natureza e aventura na Europa

 

Touca

Toucas para usar no inverno europeu

Busque toucas revestidas internamente com material superaquecido.

Outra parte que merece a sua atenção e inclusive, caso não esteja protegida pode causa dores, não só na cabeça, mas nos ouvidos, são os membros superiores, que podem facilmente ser aquecidos com o uso de touca ou gorros.

Esse item, é indispensável na minha mala e não deve ficar de fora da sua. Como existem inúmeros modelos e eu particularmente acho esse, um item muito pessoal, fique à vontade para escolher o seu.

Mas uma sugestão, que vale a pena levar em consideração, são as toucas “térmicas”, aquelas que possuem na parte interna um material fofinho. Você já percebeu que os materiais fofinhos vão salvar a sua vida no inverno europeu!?

E para as pessoas que têm cabelo curto, atenção: a touca é especialmente importante para você. Os cabelos longos protegem as orelhas e parte de trás do pescoço. Para quem tem os fios curtos, a touca fará esse papel.

Por falar nisso, outro item que você precisa ter é um bom cachecol! Ele também irá ajudar a proteger o pescoço e além disso, é um item muito elegante, homens e mulheres, não dispensam esse artigo na Europa. E ele pode salvar o seu dia frio!

Saiba como => Viajar barato para Europa

 

Protetores de orelha

Protetor de orelhas para usar no inverno europeu

Busque o modelo sobretudo que se adeque bem à sua cabeça e orelhas.

Os protetores de orelha são artigos que ou você ama ou você detesta, verdade seja dita! Mas vale destacar que não é só importante escolher um protetor de ouvido que combine com a sua roupa, mas principalmente um que seja correto, ou seja, do tamanho adequado para te proteger.

Saber qual é o tamanho certo vai depender do tamanho das suas orelhas, do conforto que ele oferecerá à cabeça, já que ele parece um arco e também do tipo de protetor.

Além disso, quando você escolher um protetor de orelha, leve em consideração um modelo que te proteja contra chuvas e vento, uma vez que ele não deve apenas ser confortável ou complementar seu visual, mas sim ser eficiente.

Então, caso você compre um acessório desse para praticar esportes ou se aventurar em passeios radicais, analise todas as funcionalidades do item para que ele não atrapalhe o seu desempenho, contudo, cumpra com a função de te aquecer!

Nem preciso dizer que esse acessório é ideal também para pessoas com cabelos curtos e, em especial, crianças que possuem a pele das orelhinhas mais finas.

Dicas => Viajar sozinho na Europa

Vai viajar e precisa ter internet 100% do tempo no seu celular?

Ter internet é essencial para usar aplicativos como Uber e Google Maps, além de conversar no WhatsApp e postar aquela foto no Instagram.

Devido a nossa parceria com a EASYSIM4U, clicando no botão abaixo você ganha o frete grátis para comprar qualquer chip e receber em casa, e assim ter conexão em até 210 países.

 

 

Roupas comuns

Roupas para o inverno europeu de lã

Blusas de lã são podem faltar.

Continuando a desenrolar a cebola, agora chegamos a fase das roupas comuns, ou seja, as roupas que vão estar a mostra! Como adiantei lá em cima, a sugestão principal é pensar em looks que se complementam.

Como o frio europeu é bem intenso, o ideal é investir em roupas mais quentinhas como blusas de lã ou cashmere, casacos polares ou moletons.

Nesse caso, também são itens permitidos as jaquetas jeans ou em couro ecológico. Além de estarem na moda, sempre que usados em cima das primeiras peças, esses itens não decepcionam.

Se a sua escolha for usar blusas de fleece, aquelas que possuem pelinhos na parte interna, opte por aquelas com zíperes. Pois você sempre pode tirar a peça com mais facilidade, caso entre em locais fechados.

Outro item que você pode escolher, são as blusas com gola alta. Eu particularmente dispenso essas peças, pois me sinto um pouco sufocada, mas não abro mão dos cachecóis, então faça a sua escolha, mas não deixe o pescoço a mostra!

Agora mudando o foco para as pernas, você pode iniciar a vestimenta com calças de algodão ou meias térmicas e depois partir para o jeans ou sarja.

Confesso que adoro sair de saia, mesmo no inverno, se esse também for o seu caso a dica é usar uma meia calça fio 80 e uma meia calça térmica por cima. Em algumas ocasiões usei apenas uma delas e não passei frio!

Por outro lado, se o seu destino tiver a ver com neve é sempre bom optar pelas peças impermeáveis, inclusive os sapatos! Caso contrário, você corre sérios riscos de ter todas as peças internas molhadas!

Saiba mais => Mês mais barato para viajar para Europa

 

Bagagem: Quantas roupas devo levar?

casaco inverno europeu masculino

Equilibre a número de peças a partir da duração da viagem.

Afinal de contas não é tão difícil conseguir montar uma mala! Mas e agora, quantas peças levar? Bom, isso vai depender da quantidade de dias que você irá viajar. No começo deste artigo dei uma breve sugestão para 10 dias de viagens. Agora vou falar sobre um período mais longo.

Mas só para ilustrar, fiz recentemente uma viagem para Holanda, onde passei 5 dias. Para esse breve roteiro, levei apenas um casaco pesado, de lã sintética, um short, duas saias, duas segunda peles, duas blusas de pelinhos, uma camisa de flanela, uma meia-calça térmica, uma legging térmica, duas calças de alfaiataria, um cachecol e uma touca.

Acredite, tudo isso coube dentro de uma mochila de 30 litros! Além disso, voltei com dois cachecóis e dois tênis novos. Contudo, as peças escolhidas se combinavam e permitiram looks diferentes para cada dia de passeio!

Confira abaixo a sugestão para 30 dias, considerando lavar as peças pelo menos uma vez:

  • 2 calças alfaiataria / 1 calça jeans / 1 legging
  • 2 calças térmicas ou de moletom
  • 2 meias-calças térmicas
  • 7 pares de meias grossas
  • 4 blusas térmicas ou segunda pele
  • 6 blusas de lã ou de moletom
  • 5 blusas de manga comprida
  • 2 camisas de flanela
  • 1 touca ou gorro
  • 1 protetor de orelhas
  • 1 palmilha de lã
  • 3 cachecóis
  • 1 par de luva
  • 2 casacos pesados
  • 1 casado médio

Observação: Esses dois últimos itens podem ser invertidos de acordo com a quantidade de frio que você sente. Mas leve sempre em consideração o local que você irá visitar!

Além disso, a sugestão é sempre viajar com o casaco mais pesado em mãos. Além de evitar sobrepeso na mala e deixar um espaço extra para levar mais coisas, você já chega ao seu destino protegido com as roupas para o inverno europeu adequadas.

Veja também => Mapa da Europa atual

 

Roupas ideais para o inverno europeu

Não importa com quantas roupas você deseja viajar, se irá levar um look diferente por dia ou apenas um casaco para a viagem toda (eu já fiz isso), o importante é você se sentir confortável e aquecido para poder aproveitar cada minuto da sua viagem pela Europa.

Como sempre digo, planeje a sua viagem com antecedência, contrate o seu seguro viagem, item indispensável para turistar pelo velho continente e tenha organizado todos os seus passeios. Com certeza, se você seguir as sugestões que aponto aqui, terá uma ótima viagem.

Por fim, quero relembrar que dependendo da época do inverno que você escolher para viajar, estará acontecendo as liquidações europeias, então fique de olho. Pois elas valem muito a pena!

Contudo, em tempos de euro supervalorizado, lembre-se sempre de fazer o câmbio para descobrir as verdadeiras vantagens das suas compras.

Outros dois itens que você deve ter em mãos são os bálsamos labiais e os cremes gordurosos. Eles não fazem parte das vestimentas, mas com certeza vão te ajudar muito a se prevenir do frio, isso é, de rachaduras nos lábios e pele.

O frio queima a pele. Então, se você puder proteja seu nariz e boca do vento cortante. Para isso, use cachecol como protetor, quando estiver andando pelas ruas. Inclusive, existem até toucas que cobrem essa parte (parecem mais umas máscaras) que podem ser úteis para temperaturas extremas.

Eu sou do time que não quero passar frio e para isso abuso dos recursos e, na hora da foto, é só retirar aquele acessório mais estranho.

Bom, espero que a partir da leitura deste post você tenha esclarecido dúvidas sobre como onde comprar roupas para o inverno europeu, quais peças de roupas e casacos de inverno europeu femininas e quais roupas e casacos para o inverno europeu masculinas levar na sua viagem, além de como organizar a mala.

E para se preparar para o inverno europeu confira esse vídeo incrível feito pelo site oficial de turismo da Finlândia sobre o melhor do inverno no país:

E agora que você já anotou todas as dicas, boa viagem e até logo! Só não esqueça depois de compartilhar aqui nos comentários a sua experiência no inverno europeu.

Você também vai gostar

Deixe um Comentário

* Ao usar o formulário você concorda com o armazenamento dos dados nesse site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumimos que você concorda, mas pode desabilitar se assim preferir. Aceitar Saiba Mais